Engajamento e participação dos cidadãos

O UNICEF atua para envolver toda a sociedade na defesa dos direitos da infância e da adolescência, criando formas inovadoras de engajar, mobilizar e informar as pessoas.

grupo de adolescentes posam para a foto segurando celulares
UNICEF/BRZ/Rayssa Coe

Cidadania engajada

O trabalho do UNICEF

O UNICEF tem o objetivo de fazer com que a defesa e a garantia dos direitos de crianças e adolescentes sejam uma prioridade de cada um dos brasileiros. Por isso, utiliza várias estratégias para engajar a sociedade.

Com parceiros do setor privado, redes de mídia, grupos da sociedade civil, redes juvenis e adolescentes, e outros parceiros, o UNICEF promove campanhas de advocacy para informar, inspirar e envolver o público brasileiro na garantia desses direitos. O UNICEF aproveita o uso extensivo e crescente da internet e dos dispositivos móveis no Brasil para criar ações inovadoras, capazes de envolver os cidadãos e mobilizá-los para temas relacionados à infância e à adolescência.

O UNICEF trabalha, também, em colaboração com parceiros do setor privado para ajudá-los a direcionar suas práticas e mobilizar recursos para contribuir com a garantia dos direitos de meninos e meninas.

Juntos pelas crianças e pelos adolescentes

As redes sociais e as novas tecnologias dão novas oportunidades de diálogo com os mais diferentes públicos para promover uma agenda inclusiva e voltada para os direitos das crianças e dos adolescentes. Assim, o UNICEF tem criado formas inovadoras de engajar, mobilizar e informar as pessoas. Um bom exemplo é o Projeto Caretas, que utiliza inteligência artificial e já contou com a participação de cerca de um milhão de pessoas.

Envolvimento ativo

A base de apoiadores do UNICEF vem se multiplicando ao longo dos anos. Hoje o UNICEF no Brasil conta com mais de 195 mil doadores individuais, 25 mil adolescentes e jovens mobilizados via Núcleo de Cidadania dos Adolescentes do Selo UNICEF, mais de 75 mil U-Reporters e 18 empresas parceiras. Além disso, possui mais de 1,2 milhão de seguidores em suas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram).

Além de ampliar sua base de apoiadores, o UNICEF quer que as pessoas realizem ações concretas para garantir que cada criança, cada adolescente brasileiro tenha todos os seus direitos plenamente respeitados. Nenhum a menos!

Recomendações para ampliar o engajamento

  • Fortalecer o entendimento de que todas as crianças têm os mesmos direitos e precisam de proteção e apoio para desenvolver o seu potencial;
  • Ampliar o acesso às informações sobre a realidade enfrentada por meninos e meninas que vivem em situação particularmente vulneráveis, ajudando a modificar percepções equivocadas;
  • Aumentar o investimento privado para fortalecer a realização dos direitos da infância e da adolescência;
  • Criar oportunidades de participação nos processos democráticos de desenvolvimento para crianças e adolescentes.

Você também pode ajudar o UNICEF em suas ações