Trajetórias de sucesso escolar

Estratégia do UNICEF e parceiros visa contribuir com as escolas públicas na construção de boas práticas para que estudantes que estão em atraso escolar consigam superar desafios e alcançar o sucesso.

um adolescente prega um coração no quadro de sua sala de aula
UNICEF/BRZ/Raoni Libório

Há, no Brasil, 7,2 milhões de crianças e adolescentes em atraso escolar no Brasil (Censo Escolar, 2017), ou seja, possuem dois ou mais anos de atraso em sua trajetória porque, em algum momento, foram reprovados ou evadiram e tiveram que retornar para o mesmo ano escolar.

A estratégia Trajetórias de Sucesso Escolar, elaborada pelo UNICEF em parceria com o Instituto NET Claro Embratel e a organização da sociedade civil Cidade Escola Aprendiz, tem como objetivo apoiar municípios e Estados na definição, implementação e avaliação de políticas e ações de superação do fracasso escolar e enfrentamento da distorção idade-série.

Abordar a distorção idade-série implica um olhar acurado sobre o racismo e na implementação de ações que abranjam essa perspectiva e as leis 10.639/03 e 11.645/08, que tratam sobre a cultura afro-brasileira e indígena.

A estratégia Trajetórias de Sucesso Escolar envolve quatro etapas:

  • Diagnóstico: identificação dos dados sobre atraso escolar; da legislação; dos recursos da escola; dos equipamentos, ações e recursos da comunidade
  • Planejamento: elaboração de plano de ação e de proposta pedagógica participativa, flexível e adaptada aos estudantes em distorção idade-série;
  • Desenvolvimento: execução, acompanhamento e avaliação da proposta.
  • Adesão: engajamento das escolas, dos parceiros, dos estudantes, das famílias e da comunidade escolar

A metodologia estimula e orienta as redes e as escolas para a construção de currículos específicos, com caráter de terminalidade e que envolvam a participação de professores(as) e estudantes na sua elaboração. Acesse: http://trajetoriaescolar.org.br  

Você também pode ajudar o UNICEF em suas ações.