VIH

O UNICEF Angola apoia os seus parceiros para tornar a prevenção, testagem e o tratamento do VIH amplamente disponíveis

Midwife collects a blood sample from the finger of a pregnant woman for HIV screening during a consultation at a hospital
UNICEF/UNI166214/Noorani

Proteger as crianças contra a SIDA

Com aproximadamente 280,000 pessoas vivendo com o VIH, Angola tem uma prevalência relativamente baixa, estimada em 2%, em comparação com países vizinhos como a Namibia ou a Zambia. No entanto, os obstáculos na cobertura dos serviços e deficiências no sistema de saúde não deixam margem para complacência. 

As novas infecções por HIV entre crianças (0-14 anos) permaneceram estáveis entre 2010 e 2016, com aproximadamente 3.600 novas infecções por HIV em 2016. A taxa de transmissão do VIH de mãe para filho é ainda alarmante, estimada em 21%. No final de 2016, apenas 4% das mulheres grávidas que viviam com HIV receberam TARV para prevenir a transmissão de mãe para filho. 

O tratamento pediátrico melhorou desde 2010, mas os níveis não são tão elevados quanto o estimado anteriormente. Um total de 3.172 crianças (0-14 anos) estão recebendo tratamento antiretroviral, o que representa apenas 14% das crianças vivendo com VIH. Poucas famílias e crianças afectadas pelo VIH e SIDA recebem apoio para lidar com os impactos económicos e psicossociais da doença. 

O impacto do VIH/SIDA nas crianças infectadas e afectadas é imenso. Isso inclui, muitas vezes, a perda de rendimentos dos seus guardiões, a orfandade ou o abandono pelos seus familiares e, assim, correm o risco do aumento da pobreza, a estigmatização social, doença e morte prematura. 

O subprograma VIH do UNICEF Angola apoia o Governo de Angola no reforço de uma resposta multisectorial ao VIH e SIDA para colmatar as lacunas existentes sobretudo na prevenção da transmissão de mãe para filho e tratamento antiretroviral pediátrico, através de:  

  • Análise de gargalos dos serviços de PTV e tratamento antiretroviral pediátrico a nível do município e unidade de saúde e elaboração de planos de ações corretivas
  • Apoio técnico para a revisão do Plano Estratégico Nacional  com uma componente de PTV e tratamento pediátrico
  • Apoio técnico aos sub-receptores da componente comunitária da subvenção de VIH financiada pelo Fundo Global  e documentação do modelo de mãe-para-mãe