Panorama da distorção idade-série no Brasil

UNICEF alerta que mais de 7 milhões de estudantes têm dois ou mais anos de atraso escolar e aponta caminhos para reverter esse cenário.

Destaques

Para além do acesso escolar, crianças e adolescentes têm direito de aprender. Mas esse direito não é garantido a todos. No Brasil, há mais de 35 milhões de estudantes matriculados no ensino fundamental e no ensino médio. Desses, mais de 7 milhões vão à escola, mas estão em situação de distorção idade-série, ou seja, possuem dois ou mais anos de atraso escolar. São quase 5 milhões de estudantes no ensino fundamental e mais de 2 milhões no ensino médio.

A partir do desafio de construir trajetórias de sucesso escolar na educação básica brasileira, o UNICEF produziu o estudo "Panorama da distorção idade-série no Brasil". O documento faz um diagnóstico do atraso escolar por etapa de ensino na educação básica, por cor, raça e gênero, por regiões brasileiras, áreas rural e urbana e outros recortes territoriais, e também analisa a situação de crianças e adolescentes com deficiência.

capa do estudo Panorama da distorção idade-série no Brasil - adolescente indo para escola

Autor

UNICEF Brasil

Data da publicação

Idiomas

Português

Baixar o relatório

(PDF, 4,22 MB)