Instituto BRF apoia UNICEF para construção de quatro espaços Súper Panas em abrigos de Boa Vista, Roraima

Os espaços Súper Panas – que significa “super amigos” em espanhol – oferecem atividades educativas e de apoio psicossocial para crianças e adolescentes refugiadas e migrantes da Venezuela

14 setembro 2022
Crianças atendidas nos espaços Súper Panas
@Alécio Cezar
Crianças atendidas nos espaços Súper Panas.

Brasília, 12 de setembro de 2022 – Dos mais de 350 mil venezuelanos refugiados e migrantes que vivem hoje no Brasil, cerca de um terço são crianças e adolescentes. O UNICEF conta com uma resposta humanitária específica voltada a essa população. Entre as ações, estão os Súper Panas, espaços seguros onde crianças e adolescentes venezuelanos podem participar de atividades multidisciplinares. Graças ao apoio do Instituto BRF, quatro desses espaços em Boa Vista - que antes funcionavam em tendas – agora contam com novas instalações fixas, de alvenaria e com banheiros.

A resposta do UNICEF ao fluxo migratório venezuelano tem como objetivo contribuir para que crianças, adolescentes e famílias vulneráveis tenham acesso aos seus direitos e serviços essenciais – incluindo saúde, nutrição, educação, proteção, água e saneamento.  

Barreiras como idioma, gênero, etnia, cultura e violência dificultam o acesso e o sucesso no sistema de ensino formal brasileiro. Estima-se que 58% das crianças de 6 a 14 anos e 69% dos adolescentes de 15 a 17 anos não estão matriculados em escolas. Os motivos vão da dificuldade de acessar as vagas à pouca informação sobre direitos educacionais até a indisponibilidade de ambientes de apoio que facilitem a aprendizagem e integração adequadas.

Para ajudar crianças e adolescentes que chegam ao Brasil, o UNICEF criou o Súper Panas, onde trabalham educadores, psicólogos e assistentes. Nesses espaços, eles têm acesso a apoio psicossocial, educação não formal e proteção contra a violência.

“Quando cheguei no abrigo, gostei muito do Súper Panas. Os professores ensinam as crianças a ler e as preparam para irem à escola.  Gosto muito dos professores e de fazer tarefas. Sinto-me muito bem aqui, porque meus irmãos estão estudando e estão buscando vaga na escola para mim”, diz  Luismary Zapata de Los Angels, 10 anos, que se mudou com o pai, mãe e dois irmãos há um mês.

Com apoio do Instituto BRF, os quatro novos espaços Súper Panas fornecem as necessárias instalações para garantir o conforto térmico, luz natural e espaço adequado para as atividades com crianças e adolescentes, substituindo as tendas temporárias montadas para a mesma finalidade. Foram construídos nos maiores abrigos para refugiados e migrantes em Boa Vista mantidos pela Operação Acolhida, a resposta do Governo Federal e parceiros para o fluxo migratório da Venezuela.

Espaços Súper Panas
UNICEF/BRZ/Alécio Cezar

Para além dos espaços em si, o Súper Panas é também uma estratégia do UNICEF a parceiros que atua em coordenação direta com os governos e instituições locais, de forma a assegurar a ligação entre ações emergenciais e as políticas públicas. Focando no aprimoramento da capacidade de inclusão adequada de refugiados e migrantes no sistema educacional brasileiro, são promovidos treinamentos, articulação política intersetorial e desenvolvimento de estratégias e de materiais adaptados.

“O UNICEF conta com a generosidade e apoio de parceiros para alcançar crianças, adolescentes e famílias venezuelanas, cujo futuro está ameaçado caso não tenham acesso à educação e proteção. Os novos Súper Panas, além de muito bonitos, são espaçosos e arejados! Agradecemos ao Instituto BRF por apoiar na construção desses quatro espaços e assegurar um melhor bem-estar para crianças e adolescentes atendidos”, afirma Juan Ignacio Calvo, chefe de Parcerias e Arrecadação de Recursos do UNICEF no Brasil.

“O trabalho que o UNICEF vem desenvolvendo tanto em Boa Vista como em Pacaraima, com refugiados e imigrantes, principalmente com crianças, é essencial para trazer humanidade e despertar o sonhar. Enquanto parceiros, nós acreditamos muito em iniciativas como essas que olham para educação e proteção de crianças e adolescentes", Gabriele Candido, responsável pelo Instituto BRF.  
 

Sobre Súper Panas
O UNICEF apoia o governo brasileiro e trabalha com a sociedade civil para garantir os direitos de crianças e adolescentes venezuelanos a educação e proteção. Com isso, foram criados os espaços chamados Súper Panas – que significa “super amigos” em espanhol.

No total, são 30 espaços Súper Panas em Roraima, Amazonas e Pará, que já atenderam mais de 45 mil crianças e adolescentes migrantes e refugiados com atividades educacionais não formais, ações de proteção da criança contra a violência e de apoio psicossocial.

Nesses espaços, meninos e meninas retomam a rotina escolar e são apoiadas para acessar a rede pública de ensino. No Súper Panas, crianças e adolescentes podem encontrar um espaço seguro para continuar crescendo. Usando a Base Curricular Nacional Comum, o currículo ensinado às crianças e aos adolescentes ajuda-os a desenvolver habilidades e competências para que se adaptem às suas novas rotinas escolares.

O UNICEF e seus parceiros colaboram com Estados e municípios afetados para fortalecer a capacidade técnica dos funcionários públicos em garantir o direito das crianças migrantes e refugiadas de aprender.


Sobre o Instituto BRF

O Instituto BRF é uma associação privada para direcionar de forma estratégica os investimentos sociais da BRF. Fundado em 2012, seu objetivo é promover comunidades sustentáveis, fomentando inclusão socioeconômica, inovação social e cidadania corporativa, a partir da educação e da alimentação, combatendo o desperdício de alimentos.

Desde a sua criação, por meio das ações de voluntariado e projetos de investimento direto, o Instituto BRF já impactou mais de 1 milhão pessoas, mobilizou 30.000 voluntários e realizou mais de 2 mil ações sociais em 60 cidades ao redor do país.

Contatos para a imprensa

Fernanda Toyomoto
Oficial de Comunicação
UNICEF Brasil

Sobre o UNICEF
O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do planeta, para alcançar as crianças mais desfavorecidas do mundo. Em mais de 190 países e territórios, o UNICEF trabalha para cada criança, em todos os lugares, para construir um mundo melhor para todos.

Acompanhe nossas ações no Facebook, Twitter, Instagram, YouTube, LinkedIn e TikTok.

Você também pode ajudar o UNICEF em suas ações. Faça uma doação agora.