Conselheiros tutelares em Roraima recebem kit com máscaras e álcool em gel

Em meio à pandemia do novo coronavírus, o UNICEF entrega kits com máscaras, luvas e álcool em gel para que os 85 profissionais do estado possam continuar a trabalhar pelas crianças

11 junho 2020
Kits entregues pelo UNICEF ao profissionais do estado
UNICEF/BRZ/Tomás Tancredi

Boa Vista, 10 de junho de 2020 – Profissionais fundamentais na proteção dos direitos da criança e do adolescente, os 85 conselheiros tutelares do estado de Roraima receberam nesta terça-feira, 09, kits com máscaras, luvas e álcool em gel. Sob o lema "Proteger-se para proteger as crianças", os kits – distribuídos pelo UNICEF em conjunto com a parceira Associação Voluntários para o Serviço Internacional (AVSI) – contribuirão para que os conselheiros possam continuar a atuar pelas crianças e adolescentes em meio ao surto do novo coronavírus.   

“Os conselheiros tutelares e de direitos são nossos parceiros fundamentais. A pandemia dificulta o acesso a uma série de serviços públicos justamente no momento em que muitas crianças e adolescentes em isolamento correm risco agravado de abuso e violência. Eles estão na linha de frente e é importante contribuir para que exerçam o seu trabalho de proteção estando protegidos”, afirma a Oficial de Proteção do UNICEF em Boa Vista, Marcela Bonvicini.

Representantes dos conselhos de Boa Vista, Pacaraima e Cacacaraí participaram e receberam os materiais em nome dos profissionais dos 17 Conselhos Tutelares do estado, numa cerimônia de entrega simbólica no CT nº 1, no centro da cidade.  

"O trabalho do conselheiro é emergencial. Com este reforço, teremos mais segurança para cumprir o nosso papel. Não podemos contaminar nossos assistidos e precisamos da proteção para atendê-los”, afirmou Joseane Souza, presidente da Associação de Conselheiros e ex-Conselheiros Tutelares de Roraima (Aceterr). Ela contabiliza um total de 10 conselheiros diagnosticados com Covid-19 até o momento.

Conselhos tutelares

Proteger as crianças passa também pelo cuidado com cada profissional que dedica a sua vida ao cuidado da infância. Os Conselhos Tutelares são órgãos municipais responsáveis por zelar pelos direitos da criança e do adolescente. No contexto da Covid-19 – em que meninos e meninas estão sob risco ainda maior de abuso e violência – o seu trabalho de aconselhamento, referência e encaminhamento de casos é ainda mais imprescindível para assegurar que cada criança esteja segura e protegida. 

A contribuição do UNICEF faz parte de um trabalho de fortalecimento no estado do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente (SDCA) e da Rede SUAS (Sistema Único de Assistência Social), o que inclui ações em conjunto com diversas instituições locais e nacionais. Dentre elas, destaca-se a parceria do UNICEF com o Ministério da Cidadania, a Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social (Setrabes), a Agência da ONU para Refugiados (Acnur), a Organização Internacional para as Migrações (OIM), Aldeias Infantis SOS Brasil e AVSI para a ampliação do sistema de acolhimento de crianças e adolescentes desacompanhados.

Desde 2019, o estado de Roraima passou a contar com duas Casas Lares para acolhimento em modalidade familiar e o reforço de uma equipe técnica psicossocial no abrigo masculino estadual. Em março de 2020, o UNICEF apoiou a formação dos 85 conselheiros tutelares de Roraima sobre o Sistema de Informação para a Infância e Adolescência (SIPIA) em parceria com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), com o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescnte de Roraima (CEDCAR) e a Aceterr.

 

Contatos para a imprensa

Marco Prates
Consultor em Comunicação para o Desenvolvimento e Comunicação em Emergências
UNICEF Brasil

Sobre o UNICEF
O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do planeta, para alcançar as crianças mais desfavorecidas do mundo. Em 190 países e territórios, o UNICEF trabalha para cada criança, em todos os lugares, para construir um mundo melhor para todos.

Acompanhe nossas ações no Facebook, Twitter, Instagram, YouTube e LinkedIn.

Você também pode ajudar o UNICEF em suas ações. Faça uma doação agora.