Higiene das mãos para todos

As campanhas de promoção da lavagem das mãos são as mais rentáveis quando comparadas com qualquer outra intervenção de higiene.

Higiene das mãos para todos
UNICEF Moçambique/2020

Destaques

As doenças transmissíveis são doenças que se propagam de pessoa para pessoa e são responsáveis em Moçambique por quase três quartos de todas as mortes
(73 por cento). A pneumonia (9,8 por cento) e a diarreia (8 por cento) fazem parte das cinco principais causas de morte de crianças com menos de cinco anos de idade em Moçambique.


A higiene das mãos é uma das medidas mais rentáveis na prevenção de doenças transmissíveis. Por exemplo, 50 por cento das mortes relacionadas com diarreia poderiam ser evitadas através da lavagem das mãos com sabão, enquanto que o retorno do investimento de uma campanha de higiene pode chegar a 92 vezes o valor investido.


O acesso e o cumprimento da higiene das mãos são componentes-chave para prevenir a transmissão da Covid19, por isso, é tempo de apostar na promoção da higiene e de melhorar o acesso aos serviços de abastecimento de água, saneamento e higiene (WASH), tendo em vista o presente e futuro.

O acesso equitativo aos serviços de abastecimento de água, saneamento e higiene em geral e especificamente nas escolas e unidades sanitárias é preocupantemente baixo. Apenas 15% das escolas têm um ponto de lavagem das mãos funcional com sabão e pouco mais de metade (56%) das unidades sanitárias têm acesso ao abastecimento básico de água.

Alcançar o acesso equitativo a serviços de abastecimento de água, saneamento e higiene (WASH) requer: (a) desenvolver normas e padrões nacionais contextualizados para serviços de abastecimento de água, saneamento e higiene nas escolas, unidades sanitárias e outros espaços públicos, (b) incluir indicadores de abastecimento de água, saneamento e higiene em mecanismos de monitoria de rotina e (c) investir em escolas, unidades sanitárias e outros espaços públicos para cumprir estas normas e padrões nacionais.

O lançamento de uma campanha nacional de lavagem das mãos na presente fase complementaria o processo de reabertura das escolas, reforçaria o cumprimento da higiene das mãos para a prevenção da COVID-19 e contribuiria para tornar sustentáveis os comportamentos de lavagem das mãos, prevenindo doenças transmissíveis agora e no futuro.

O lançamento de uma campanha nacional de lavagem das mãos na presente fase complementaria o processo de reabertura das escolas, reforçaria o cumprimento da higiene das mãos para a prevenção da COVID-19 e contribuiria para tornar sustentáveis os comportamentos de lavagem das mãos, prevenindo doenças transmissíveis agora e no futuro.
Autor
UNICEF
Data de publicação
Idiomas
Português

Baixe o relatório

(PDF, 535,81 KB)