Homicídios na Adolescência no Brasil – IHA 2014

Índice de Homicídios na Adolescência aponta tendência de aumento dos homicídios entre pessoas de 12 a 18 anos, que agora morrem assassinadas proporcionalmente em maior número do que o resto da população.

Destaques

O Índice de Homicídios na Adolescência (IHA) 2014 aponta tendência de aumento dos homicídios entre pessoas de 12 a 18 anos, que agora morrem assassinadas proporcionalmente em maior número do que o resto da população.

O Índice de Homicídios na Adolescência é elaborado em parceria entre o UNICEF, o Ministério dos Direitos Humanos (MDH), o Observatório de Favelas e o Laboratório de Análise da Violência, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (LAV-Uerj). Com o monitoramento dos homicídios por meio do IHA, o UNICEF e seus parceiros pretendem apoiar o planejamento e a avaliação de políticas públicas, tanto municipais quanto estaduais e federais, para enfrentar o problema e salvar a vida dos adolescentes.

capa do relatório IHA 2014

Autor

PRVL (UNICEF e parceiros)

Data da publicação

Idiomas

Português

ISBN

978-85-93412-02-8

Baixar o relatório

(PDF, 67,05 MB)