Adolescentes e o risco de vazamento de imagens íntimas na internet

Estudo do UNICEF com 14 mil meninas de 13 a 18 anos que participaram do Projeto Caretas.

Destaques

Para dar aos adolescentes um espaço seguro para falar sobre o tema e para chamar a atenção para os riscos do vazamento de imagens íntimas, o UNICEF criou o Projeto Caretas. Trata-se de uma experiência virtual em que adolescentes e jovens interagem, via Messenger do Facebook, com Fabi Grossi, personagem fictícia que teve um vídeo íntimo vazado na internet pelo ex-namorado.

Em um ano, quase um milhão de pessoas, em sua maioria meninas, interagiram com Fabi Grossi. Para entender melhor a relação delas com o sexting e vazamento de imagens íntimas, o UNICEF realizou uma pesquisa. Essa pesquisa mostra que o sexting faz parte da vida das adolescentes, mas elas não sabem como se proteger de vazamentos de imagens na rede e não encontram o amparo necessário quando o problema acontece.

Esta publicação traz os resultados da pesquisa e as recomendações do UNICEF para garantir o apoio às meninas: fortalecer a capacidade das famílias de dialogar sobre o tema; fomentar iniciativas voltadas às escolas; incentivar ações que fortaleçam os vínculos entre pares (adolescentes); e investir em iniciativas inovadoras na internet.

capa da pesquisa do Caretas

Autor

UNICEF Brasil

Data da publicação

Idiomas

Português

Baixar o relatório

(PDF, 2,70 MB)