Direitos da criança e empresas

O UNICEF oferece ao setor corporativo a oportunidade de realizar parcerias capazes de potencializar suas estratégias de responsabilidade social e, assim, contribuir para a universalização dos direitos de crianças e adolescentes.

Menina com o cabelo trançado olha para a câmera, enquanto outra menina, à sua esquerda, olha para ela.
UNICEF/BRZ/João Ripper

Ser uma empresa socialmente responsável significa assumir um "compromisso contínuo de atuar de forma ética e contribuir para o desenvolvimento econômico e, ao mesmo tempo, melhorar a qualidade de vida dos funcionários e suas famílias, bem como da comunidade local e da sociedade como um todo", de acordo com a definição do Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável (World Business Council on Sustainable Development).

Nos últimos anos, um número crescente de empresas vem colocando em prática esse compromisso por meio de estratégias de responsabilidade social corporativa.

Para o UNICEF, investir na infância é a forma mais efetiva de contribuir para o desenvolvimento sustentável e equitativo.

Por isso, essas estratégias só apresentarão resultados efetivos se a empresa decidir incorporar no "DNA" de seu negócio os direitos da infância, tema central das agendas mundiais de direitos humanos e de desenvolvimento social.

Investir na infância e na adolescência significa oferecer para cada menina e cada menino as condições necessárias para que possam desenvolver todo o seu potencial como cidadãos e profissionais. Significa ajudar a reescrever o futuro. Agora.

Como maior referência mundial na área da infância, o UNICEF contribui para que as empresas possam incorporar o tema da infância e da adolescência em suas estratégias de responsabilidade social corporativa (RSC) e, dessa forma, gerar resultados mais efetivos e sustentáveis para contribuir na formulação e implementação de políticas públicas.

Com larga e comprovada experiência e um corpo de profissionais altamente qualificados e comprometido com esse tema, o UNICEF oferece ao setor corporativo a oportunidade de realizar parcerias capazes de potencializar suas estratégias de RSC e, assim, contribuir de forma efetiva para a universalização dos direitos de crianças e de adolescentes.

O UNICEF pode apoiar seus parceiros corporativos ao

  • Ajudá-los a aprimorar seus programas de RSC por meio de dados e conhecimento;
  • Oferecer avaliação independente dos resultados de RSC;
  • Estimular e prover as ferramentas necessárias para que eles possam participar de forma mais eficiente e efetiva nas políticas públicas direcionadas para crianças e adolescentes;
  • Catalisar as sinergias com outras iniciativas de RSC;
  • Articular estrategicamente as suas ações com os setores público e privado.