Adolescentes e jovens do Litoral Sul de São Paulo participam de encontro com o UNICEF

Representante do UNICEF no Brasil, Florence Bauer, se reúne com grupo de adolescentes e jovens da iniciativa Crescer com Proteção

29 novembro 2021
Um grupo grande de pessoas posa para uma foto. Todos estão usando máscara.
UNICEF/BRZ/Nego Júnior

São Paulo, 29 de novembro de 2021 – Na última sexta-feira, 26 de novembro, 32 adolescentes e jovens do Litoral Sul de São Paulo estiveram com Florence Bauer, representante do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) no Brasil. O encontro, que ocorreu no Parque Ibirapuera em São Paulo, foi um momento de celebração do Crescer com Proteção, iniciativa do UNICEF realizada em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT), a Agenda Pública e o Instituto Camará Calunga desde 2020 em oito municípios do Litoral Sul de São Paulo: Cananéia, Iguape, Ilha Comprida, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande e São Vicente.

Os 32 adolescentes e jovens que participaram do evento fazem parte dos oito Núcleos de Cidadania de Adolescentes e Jovens (Nucas) criados por meio do Crescer com Proteção nas cidades beneficiadas pela iniciativa com o objetivo de garantir espaços que apoiem e estimulem a liderança de adolescentes e jovens pela busca de soluções e oportunidades para os territórios onde vivem.

“Um direito fundamental de cada criança, adolescente e jovem é a participação, que é importante em todos os âmbitos: na escola, na comunidade e na cidade onde vivem. Por meio do Crescer com Proteção, adolescentes e jovens entenderam a poder de influência que têm nas várias políticas públicas e decisões que são tomadas em seus territórios”, destaca Florence Bauer.

“A iniciativa Crescer com Proteção foi incrível para nós. E, nos reunir para compartilhar tudo o que vivemos e aprendemos desde o início do Crescer com Proteção, é muito importante”, afirma Giovanna Camilo de Oliveira dos Santos, de 15 anos.

Sobre o Crescer com Proteção
A proteção de crianças e adolescentes contra todas as formas de violência. Esse é o propósito do Crescer com Proteção, do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT), a Agenda Pública e o Instituto Camará Calunga. A iniciativa ocorre em oito municípios da Região Metropolitana da Baixada Santista e do Vale do Ribeira: Cananéia, Iguape, Ilha Comprida, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande e São Vicente.

Sobre o Ministério Público do Trabalho
O Ministério Público do Trabalho (MPT) tem como atribuição fiscalizar o cumprimento da legislação trabalhista quando houver interesse público, procurando regularizar e mediar as relações entre empregados e empregadores, seja no âmbito judicial ou administrativo. Compete também ao MPT propor as ações necessárias à defesa dos direitos e interesses das crianças, dos adolescentes, dos incapazes e dos indígenas, decorrentes de relações de trabalho.

Sobre a Agenda Pública
A Agenda Pública é uma organização da sociedade civil de interesse público (Oscip) com o propósito de tornar os serviços públicos brasileiros mais inteligentes, simples e humanos. Com mais de 10 anos de atuação, busca identificar soluções para grandes problemas públicos brasileiros, um trabalho reconhecido por prêmios como Empreendedor Social Folha 2015 e Fundação Schwab/Fórum Econômico Mundial 2016. Essa relevância também se reflete na solidez das parcerias e na participação em espaços institucionais de grande importância, como o Conselho de Transparência e Combate à Corrupção, vinculado ao Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União, ou a Comissão Estadual dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) de São Paulo, entre outros.

Sobre o Instituto Camará Calunga
O Instituto Camará Calunga foi fundado em 1997 na cidade de São Vicente e tem como principal objetivo defender e promover os direitos humanos, em especial de crianças e adolescentes. Atua em processos de formação a partir da realidade de seus participantes, desenvolvendo questões como coletividade, cidadania e pensamento crítico. Seu trabalho, reconhecido internacionalmente, foi condecorado com o XVIII Prêmio Nacional de Direitos Humanos, o 11º Prêmio Carrano de Luta Antimanicomial e Direitos Humanos e o 8º Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos. É apoiado por organizações públicas e privadas, como a Fundação Itaú Social.

Contatos para a imprensa

Mayara Barbosa
Oficial de Comunicação
UNICEF Brasil
Telefone: (11) 98375 5610

Sobre o UNICEF
O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do planeta, para alcançar as crianças mais desfavorecidas do mundo. Em 190 países e territórios, o UNICEF trabalha para cada criança, em todos os lugares, para construir um mundo melhor para todos.

Acompanhe nossas ações no Facebook, Twitter, Instagram, YouTube, LinkedIn e TikTok.

Você também pode ajudar o UNICEF em suas ações. Faça uma doação agora.