Governo do Japão e UNICEF apoiam acções de nutrição e imunização em Luanda e Cunene

24 Março 2020

Luanda, 24 de Março de 2020 - O Governo do Japão disponibilizou fundos para as acções de resposta a situação nutricional provocada pelos efeitos climáticos na província do Cunene e no reforço das acções de imunização em Luanda.

O apoio orçado em 545,454 mil dólares será transferido ao UNICEF e vai reforçar o apoio que tem sido prestado ao longo dos últimos meses nestas duas áreas cruciais para o desenvolvimento da criança: nutrição e a imunização.

“O Governo do Japão quer, por meio deste financiamento ao UNICEF, reforçar o seu compromisso com a criação de um ambiente favorável para o desenvolvimento integral de cada criança, particularmente aquelas que vivem em situações que aumentam sua vulnerabilidade”, diz Hironori Sawada, Embaixador do Japão em Angola. 

Uma parte dos fundos Japão é destinada à área de nutrição, e contribuirá para apoiar o fornecimento de intervenções integradas a pelo menos 38.000 pessoas, incluindo crianças e mulheres do município de Ombandja, um dos mais afectados pelos efeitos climáticos na província do Cunene.

Com estes fundos o UNICEF pretende apoiar as autoridades do Cunene a garantir que cerca de 16.000 crianças menores de 5 anos tenham acesso à prevenção e rastreio da desnutrição aguda e cerca de 12.000 crianças em idade escolar beneficiem de acções de desparasitação. Para além disso, prevê-se ainda a compra de suplementos nutricionais e desparasitantes para crianças em idade escolar e a formação de 30 professores que farão a vigilância nutricional e aconselhamento sobre práticas de alimentação de bebés e crianças pequenas.  

Uma segunda parte do financiamento do Governo do Japão servirá para apoiar as acções de imunização nos municípios de Cacuaco e Viana, província de Luanda - especificamente na formação de técnicos de vacinação e responsáveis pelas acções de promoção da saúde a nível comunitário de modo que estejam preparados para responder a qualquer tipo de surto e reforcem a mobilização das comunidades para atenderem as acções de vacinação. Desta forma pretende-se reforçar a ligação entre as intervenções de emergência com as campanhas e as acções de vacinação de rotina.

“Com este financiamento, temos mais um exemplo de congregação de esforços múltiplos entre parceiros, com o objectivo principal de acudir as necessidades das populações mais afectadas pelas diversas emergências que ocorrem no país”, diz Jean Francois Basse, Representante Interino do UNICEF em Angola.

 “O UNICEF tem uma tradição histórica de parceira com o Governo Japonês, tendo ao longo dos últimos anos beneficiado de vários financiamentos que permitiram dar resposta à várias situações de emergência, como é o caso mais recente da resposta a crise de refugiados na Lunda Norte”, acrescenta Basse.

###

Contacto para os media

Niko Wieland

Chefe da Secção de Comunicação

UNICEF Angola

Telefone: +244 9494 58132

Heitor Lourenço

Oficial de Comunicação

UNICEF Angola

Telefone: +244 936 836 015

Sobre o UNICEF

O UNICEF promove os direitos e bem-estar de todas as crianças, em tudo o que fazemos. Juntamente com os nossos parceiros, trabalhamos em 190 países e territórios para traduzir este nosso compromisso em acções concretas, centrando especialmente os nossos esforços em chegar às crianças mais vulneráveis e marginalizadas, para o benefício de todas as crianças, em qualquer parte do mundo.

Para saber mais sobre o UNICEF e o seu trabalho, siga-nos no FacebookTwitter e Instagram.