O papel fundamental do saneamento e da promoção da higiene na resposta à Covid-19 no Brasil

Nota técnica do UNICEF, Banco Mundial e Instituto Internacional de Águas de Estocolmo

Destaques

Com o intuito de apoiar ações bem planejadas de saneamento e higiene que contribuam para a contenção da Covid-19, esta nota apresenta uma visão geral das medidas tomadas pelo Brasil nos níveis federal e estadual no combate ao vírus. A nota identifica tanto os pontos fortes quanto as lacunas na resposta. A lavagem frequente e adequada das mãos com água e sabão é considerada uma das medidas mais importantes para a prevenção e o controle da infecção pelo novo coronavírus. Em razão disso, o acesso contínuo e a qualidade dos serviços de água e esgoto, e higiene devem ser garantidos nos domicílios, estabelecimentos de saúde, escolas e outros espaços públicos, o que requer ações coordenadas das principais partes interessadas: formuladores de políticas públicas; agências reguladoras; concessionárias de serviços públicos; setor privado; agências das Nações Unidas (ONU); organizações não governamentais (ONGs); e comunidades.

>> For the policy brief in English, click the arrow in the box on the right
capa da nota técnica mostra a foto de uma mãe lavando as mãos de seus filhos em uma bica. a mãe usa máscara
Autor
UNICEF, Banco Mundial e SIWI
Data da publicação
Idiomas
Português, Inglês

Baixar o relatório

(PDF, 1,56 MB) (PDF, 1,40 MB)