Desigualdades e impactos da covid-19 na atenção à primeira infância

Estudo da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, em parceria com UNICEF e Itaú Social, identifica impactos da pandemia na saúde, aspectos socioeconômicos e educacionais das crianças brasileiras de até 6 anos

Destaques

A pesquisa “Desigualdades e impactos da covid-19 na atenção à primeira infância”, lançada pela Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, em parceria com o Itaú Social e o UNICEF, revela que a pandemia de covid-19 trouxe impactos profundos na vida de meninos e meninas que estão na primeira infância. Mais de um terço da existência dessas crianças se passou no período pandêmico, com consequências diretas e indiretas no desenvolvimento infantil.

Estudo que identifica impactos da pandemia na saúde, aspectos socioeconômicos e educacionais das crianças brasileiras de 0 a 6 anos
Autor(es)
Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, em parceria com UNICEF e Itaú Social
Data da publicação
Idiomas
Português

Arquivos disponíveis para download

Baixar arquivo