Número recorde de crianças vacinadas em 2017

Como mais de 19 milhões crianças perdem a vacinação, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e a Organização Mundial da Saúde (OMS) pedem esforços concertados para que todas as crianças sejam vacinadas.

16 Julho 2018
Crianca recebendo vacina oral
UNICEF Mozambique/2018

Nova Iorque - Um número recorde de 123 milhões crianças foram imunizadas globalmente em 2017, de acordo com dados divulgados hoje pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

Os dados mostram que:

  • 9 em cada 10 crianças receberam pelo menos uma dose de vacina contra difteria-tétano-tosse convulsa (DTP) em 2017, ganhando protecção contra essas doenças mortais.
  • Um número adicional de 4,6 milhões crianças foram vacinadas globalmente em 2017 em comparação com 2010, devido ao crescimento populacional global.
  • 167 países incluíram uma segunda dose de vacina contra o sarampo como parte de seu cronograma de vacinação de rotina e 162 países agora usam vacinas contra rubéola. Como resultado, a cobertura global contra o sarampo e a rubéola aumentou de 35 por cento em 2010 para 52 por cento.
  • A vacina contra infecções por Vírus do Papiloma Humano (HPV)foi introduzida em 79 países para ajudar a proteger as mulheres contra o cancro cervical.
  • Novas vacinas estão sendo adicionadas como parte do pacote de vacinas que salvam vidas humanas – como as que protegem contra meningite, malária e até Ébola.

Apesar destes sucessos, quase 20 milhões crianças não receberam os benefícios da imunização completa em 2017. Destes, quase 8 milhões (40 por cento) vivem em ambientes frágeis ou humanitários, incluindo países afectados por conflictos. Além disso, uma parte crescente é de países de rendimento médio, onde a desigualdade e a marginalização, particularmente entre os pobres urbanos, impedem muitos de serem imunizados.

À medida que as populações crescem, mais países precisam de aumentar os seus investimentos em programas de imunização. Para chegar a todas as crianças com vacinas muito necessárias, o mundo terá de vacinar uma estimativa de 20 milhões crianças adicionais a cada ano, com três doses da vacina contra a DTP; 45 milhões com uma segunda dose de vacina contra o sarampo; e 76 milhões crianças com 3 doses de vacina conjugada pneumocócica.

Em apoio a estes esforços, a OMS e o UNICEF estão a trabalhar para ampliar o acesso à imunização por:

  • Fortalecimento da qualidade, disponibilidade e uso de dados sobre a cobertura de vacinas.
  • Melhores recursos de segmentação.
  • Planeamento de acções a nível sub-nacional e
  • Assegurar que as pessoas vulneráveis possam aceder aos serviços de vacinação

Contacto para os media

Gabriel Pereira
Communication Officer
UNICEF Moçambique
Telefone: +258 84 522 1721
Claudio Fauvrelle
Communication Officer
UNICEF Moçambique
Telefone: +258 84 522 3266

Sobre o UNICEF

O UNICEF trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do mundo, para chegar às crianças mais desfavorecidas. Para salvar as suas vidas. Para defender os seus direitos. Para ajudá-las a alcançar o seu verdadeiro potencial. Presentes em 190 países e territórios trabalhamos para cada criança, em qualquer parte, todos os dias, para construirmos um mundo melhor para todos. E nunca desistimos. Para mais informação sobre o UNICEF e seu trabalho para cada criança, visite www.unicef.org.mz

Siga as actividades do UNICEF no Twitter e Facebook