UNICEF e Novo Jornal renovam parceria para a promoção dos Direitos da Criança

Com esta parceria as duas instituições assumem o compromisso de continuar a colaborar na idealização e produção de matérias jornalísticas dedicadas à infância e às actividades do UNICEF em Angola

19 Dezembro 2022
Acordo Novo Jornal e UNICEF
UNICEF/ANG-2022/Antonio Gonga

Luanda 19 de Dezembro de 2022 - O UNICEF assinou, na sexta-feira, dia 16 de Dezembro, o protocolo de renovação da parceria com o Novo Jornal, com o objectivo de promover os Direitos da Criança, despertar a atenção da sociedade para o papel dos diferentes actores na realização dos Direitos da Criança, e divulgar as boas práticas e exemplos que contribuem para o desenvolvimento integral das crianças em Angola.

Esta parceria, celebrada inicialmente em 2020, enquadra-se numa estratégia que o UNICEF desenvolve em vários países onde actua, de reforço do trabalho com os meios de Comunicação Social, no sentido de colocar no centro das suas agendas as preocupações e interesses da criança, contribuindo para a criação de um ambiente favorável para a protecção e promoção dos seus direitos.

O UNICEF acredita que ao disponibilizarem conteúdos de qualidade, ao promoverem debates públicos e especializados à volta dos Direitos da Criança, ao ajudarem cada cidadão a compreender as políticas viradas para a criança e as suas famílias, e ao assegurarem o acesso a informações sobre práticas que salvam vidas de crianças, os meios de comunicação social, como o Novo Jornal, podem estimular a participação social e, por conseguinte, a melhoria da qualidade de vida das famílias angolanas, especificamente da criança em Angola.

A parceria constitui-se, também, num importante instrumento de advocacia e promoção dos Direitos Humanos, com vista a estimular o debate público e a incentivar a implementação de medidas concretas sobre um presente e um futuro melhor para Angola.

Durante a sessão de assinaturas de renovação da parceria, o representante do UNICEF em Angola, Ivan Yerovi, reafirmou o interesse do UNICEF de continuar a colaborar com o Novo Jornal e reforçar o trabalho conjunto na promoção dos Direitos da Criança e no incentivo à participação social de jovens e adolescentes.

“Temos uma oportunidade muito grande de fazer a diferença, precisamos fazer barulho, porque a situação da criança angolana tem que ser conhecida por todos; não só por quem trabalha com crianças ou tem um nível de sensibilidade para com a situação da criança, mas por todos”, apelou Ivan Yerovi, para quem os meios de comunicação social desempenham um papel importante neste processo de disseminação da informação.

Por meio desta parceria que vai até 2027, as duas instituições pretendem dar continuidade à parceria estabelecida há dois anos, por meio da colaboração, troca de experiências e partilha de conhecimentos, publicação de conteúdos sobre políticas e programas que promovam o avanço dos direitos das crianças e das mulheres, em especial as mais vulneráveis e marginalizadas, através de acções de comunicação, capacitação institucional e humana, e projectos conjuntos de advocacia social.

Para o Director Geral do Novo Jornal, Armindo Laureano, o seu órgão assume esta parceria como um “grande compromisso”, pois a criança tem de ser a prioridade, deve merecer um espaço na comunicação social e marcar a agenda mediática.

“Toda a vez que alguém abre o jornal, fala-se de política e outros assuntos, mas também tem de ter o espaço da criança e se perceber o que está a ser feito, e acho muito importante que sejamos um veículo para o trabalho do UNICEF, divulgando e despertando os leitores e quem decide para a situação da criança”.

O evento de assinatura foi testemunhado por membros do corpo directivo do Novo Jornal e do UNICEF.

 

Contacto para os media

Heitor Lourenço
Oficial de Comunicação
UNICEF Angola
Telefone: +244 936 836 015

Sobre o UNICEF

O UNICEF promove os direitos e bem-estar de todas as crianças, em tudo o que fazemos. Juntamente com os nossos parceiros, trabalhamos em 190 países e territórios para traduzir este nosso compromisso em acções concretas, centrando especialmente os nossos esforços em chegar às crianças mais vulneráveis e marginalizadas, para o benefício de todas as crianças, em qualquer parte do mundo.

Para saber mais sobre o UNICEF e o seu trabalho, siga-nos no FacebookTwitter e Instagram.