Governo e seus parceiros organizam campanha de vacinação integrada COVID-19 para pessoas adultas com idade igual ou superior aos 18 anos de idade, e vacinação gratuita contra a Meningite ‘’A’’ para as crianças de 1 a 7 anos de idade, em todo o território

25 Setembro 2023
Lancamento da campanha
UNICEF Guinea-Bissau/2023/Dasilva

Bissau, 20 de setembro de 2023 – O Governo da Guiné-Bissau, por intermédio do Ministério da Saúde Pública, inicia a campanha de vacinação integrada COVID-19 para pessoas adultas com idade igual ou superior aos 18 anos de idade, e vacinação gratuita contra a Meningite ‘’A’’ para as crianças de 1 a 7 anos de idade, em todo o território da Guiné-Bissau. O lançamento da referida campanha realiza-se amanhã, dia 21 de setembro, pelas 11h00 no recinto em frente às instalações do Ministério da Saúde Pública e decorrem sobre a liderança de Sua Excelência, Sr. Ministro da Saúde Pública, Dr. Domingos Malu.

Para complementar este lançamento, as atividades de advocacia e mobilização social ao nível descentralizado tiveram início desde o dia 18 de setembro.

A referida campanha decorre entre os dias 21 a 29 de setembro de 2023 e conta com apoio técnico e financeiro do UNICEF, OMS, Banco Mundial, Aliança Global para a Vacinação (GAVI), Povo e Governo do Japão, Fundação Bill e Mellinda Gates, Solina, Centro de Prevenção e Controlo de Doenças para África, entre outros parceiros.

A Meningite é causada por vários tipos de bactérias ou de vírus que provocam a inflamação das membranas protetoras finas do cérebro e medula espinhal, de origem infeciosa. A transmissão de bactérias de meningite é de pessoa para pessoa, geralmente através de gotículas de secreções respiratórias ou de tosse do doente. Os sintomas são febre alta, dores de cabeça, dificuldade de olhar para baixo e a fotofobia.

A campanha, visa contribuir para a eliminação das epidemias da Meningite “A” como problema de Saúde Pública, sendo o objetivo de vacinar todas as crianças de 1 a 7 anos de idade. As razões da realização da campanha se devem ao facto de a Guiné-Bissau fazer fronteira com os países africanos da cintura de meningite, caracterizada por fatores que favorecem a ocorrência de epidemias, tais como viagens e grandes movimentação das populações, más condições de vida, a superlotação, entre outras.

No que diz respeito à vacinação COVID-19, a vacina que será administrada será a Johnson & Johnson, destinada a pessoas adultas com 18 anos de idade e mais. Toda a população adulta é convidada a apresentar-se nos postos de vacinação identificados para o efeito, com os seus respetivos cartões de vacinação, para verificar se devem ou não ser vacinados. A vacinação contra a COVID-19 previne as formas mais severas desta doença e pode-nos livrar até da morte.

A Covid-19, foi declarada fim pela OMS, enquanto Emergência Pública de Importância

Internacional, o mais alto título de alerta atribuído pelo Regulamento Sanitário Internacional. Más, a Covid-19, não acabou, está longe de acabar, continua como Pandemia, como o que acontece com o sarampo, a febre amarela e outras doenças. Portanto, enquanto jovem é bom saber que a Covid-19 continua a existir com a classificação de Pandemia: endemia que afeta vários países ou continentes. A vacinação é a forma mais eficaz de diminuir a contaminação e o surgimento de novas variantes do Coronavírus.

Quem não se vacinar contra a Covid-19, não coloca apenas a própria saúde em risco, mas

também a de seus familiares e outras pessoas com quem tem contato, além de contribuir para aumentar a circulação de doenças.

Estas vacinas serão oferecidas gratuitamente e, são seguras e eficazes. A campanha decorrerá em instalações de saúde e em outros locais públicos devidamente identificados. Desta forma, o Ministério da Saúde encoraja a todas as pessoas elegíveis a se vacinarem a fim de se protegerem si próprios, às suas famílias e à sua comunidade.

Contacto para os media

Wilson Gama
Oficial de Comunicação
UNICEF Guiné-Bissau
Telefone: +245 95 579 79 53

About UNICEF

UNICEF promotes the rights and well-being of every child, in everything we do. Together with our partners, we work in 190 countries and territories to translate that commitment into practical action, focusing special effort on reaching the most vulnerable and excluded children, to the benefit of all children, everywhere.

For more information about UNICEF and its work for children, visit www.unicef.org.

Follow UNICEF on Twitter, Youtube and Facebook