Relatório Anual do UNICEF em Moçambique 2016

Reforçar a Resiliência

Destaques

Temos o prazer de partilhar convosco o Relatório Anual de 2016, que é apresentado através de histórias de moçambicanos. Cada uma das nossas áreas do programa é apresentada por crianças que participam como produtoras de rádio de criança para criança, um programa vibrante da Rádio Moçambique, que beneἀcia do apoio do UNICEF e envolve cerca de 1.600 crianças repórteres por todo o país.

Também terão a oportunidade de ouvir histórias de algumas das mulheres e crianças mais vulneráveis – órfãos, crianças de zonas rurais remotas e de zonas urbanas pobres. Por exemplo, terão a ocasião de ouvir as vozes de uma mãe que perdeu os seus ἀlhos e que tinha uma gravidez de alto risco e uma mãe que vive com o HIV e que recentemente levou o seu bebé para fazer o teste do HIV (felizmente, à semelhança da maior parte dos bebés cujas mães aderem ao programa de prevenção da transmissão vertical do HIV, o resultado do teste do bebé foi negativo HIV). Também ouvirão a voz de uma mãe que agora pode desfrutar de água canalizada em casa pela primeira vez; mães que aprenderam a tratar dos ἀlhos desnutridos; uma criança vítima de violência sexual que está determinada a estudar; uma rapariga que voltou à escola depois de uma gravidez precoce; e crianças de algumas das famílias mais pobres que estão a ser ajudadas a ter acesso aos seus direitos básicos. Poderão ouvir como foram apoiados ao longo do ano transacto, muitas vezes por moçambicanos da sua comunidade com o apoio do Governo, do UNICEF e de outros parceiros.

Um aspecto importante é que irão ouvir como estas mães e os seus ἀlhos se tornaram mais resilientes e estão mais motivados para confrontar e ultrapassar os enormes desaἀos com que se deparam. As suas histórias são contadas no contexto da realidade em Moçambique, onde apesar dos progressos registados desde 1990, a recente crise da dívida, problemas de segurança e a seca pressionaram muitas famílias que ainda se debatem pelo acesso a serviços essenciais, nomeadamente cuidados de saúde, água, saneamento e higiene, assim como educação. As crianças das zonas rurais e em zonas urbanas pobres são particularmente vulneráveis, e no entanto não estão a desistir; com o apoio vital que recebem, estão motivadas a lutar por um futuro melhor. Devemos continuar a ajudá-las neste esforço.

Relatório Anual do UNICEF em Moçambique 2016

Autor

UNICEF

Data de publicação

Idiomas

Português

Baixe o relatório

(PDF, 9,57 MB)