Subsídio para a Criança: Reunião de avaliação dos desafios, impactos e lições aprendidas

08 Maio 2024
Decorreu hoje uma reunião de avaliação dos desafios, impactos e lições aprendidas do Subsídio para a Criança (0-2 anos), desde a sua fase piloto aos primeiros 12 meses da sua fase de expansão
UNICEF Mozambique/2024/Miraldina Gabriel

Nampula, Moçambique - No âmbito da implementação do programa do Subsídio para a Criança dos 0 aos 2 anos em 12 distritos da província de Nampula, decorreu hoje a reunião de avaliação dos desafios, impactos e lições aprendidas desde a fase piloto e dos primeiros 12 meses da fase de expansão.

Este programa é implementado pelo Ministério do Género, Criança e Acção Social (MGCAS), junto do Instituto Nacional de Acção Social (INAS), em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), com apoio financeiro do Governo do Canadá, Finlândia, Suécia, Reino Unido, e Irlanda, tendo alcançado até ao momento 31,000 beneficiários na província de Nampula.

O evento foi dirigido pelo Vice-Ministro do Género, Criança e Acção Social, Lucas Mangrasse, e deu início as visitas de campo, com o objectivo de monitorar os serviços de pagamento aos beneficiários, e também os serviços complementares ao Subsídio para a Criança, como o aconselhamento e demostração de práticas de higiene, avaliação nutricional de crianças, gestão de casos e actividades referentes à protecção da criança. 

Contacto para os media

Gabriel Pereira
Communication Officer
UNICEF Moçambique
Telefone: +258 84 522 1721

Sobre o UNICEF

O UNICEF trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do mundo, para chegar às crianças mais desfavorecidas. Para salvar as suas vidas. Para defender os seus direitos. Para ajudá-las a alcançar o seu verdadeiro potencial. Presentes em 190 países e territórios trabalhamos para cada criança, em qualquer parte, todos os dias, para construirmos um mundo melhor para todos. E nunca desistimos. Para mais informação sobre o UNICEF e seu trabalho para cada criança, visite www.unicef.org.mz

Siga as actividades do UNICEF no Twitter e Facebook