17 maio 2024

Enchentes no Rio Grande do Sul

Crianças e adolescentes são os que mais sofrem com as consequências de emergências e sofrem diretamente com o deslocamento forçado, o fechamento de escolas, a exposição a doenças e diversas formas de violência.  Em meio às fortes chuvas e inundações que assolam o Rio Grande do Sul, o UNICEF está organizando ações junto aos Governos Federal e…, O que são, Os Espaços da Gurizada no Rio Grande do Sul são Espaços Seguros e Amigáveis para crianças e adolescentes, a partir da estratégia de intervenções usadas por agências humanitárias para aumentar o acesso das crianças a ambientes seguros, promovendo seu bem-estar psicossocial e atendendo às suas necessidades em situações de calamidades e emergências,…, O que oferecem: promoção da saúde mental, proteção contra a violência e educação não formal, Esses espaços buscam oferecer um local centrado para as crianças, onde elas possam ter uma rotina de se reunir para brincar, relaxar, se expressar, sentir-se apoiadas e aprender habilidades para lidar com os desafios que enfrentam. Proteção: Espaço físico e emocionalmente seguro, onde todas as crianças e adolescentes, com um foco particular para…, Responsabilidade com as comunidades afetadas, Pela natureza dos espaços seguros, eles tornam-se espaços propícios para garantir uma comunicação transparente com a população afetada pelo desastre, garantindo oportunidade de escuta e posterior aperfeiçoamento das ações de acordo com as visões ouvidas e coletadas. Por isso, o UNICEF garantirá que as pessoas possam: Ser informadas sobre seus…, Parceiros estratégicos e doações, Para viabilizar sua resposta emergencial, o UNICEF conta com o apoio de milhares de doadores individuais e a parceria de filantropos e empresas. A resposta do UNICEF tem como parceiros estratégicos MSD e Departamento de Proteção Civil e Ajuda Humanitária da União Europeia (Echo, na sigla em inglês); parceria da Kimberly-Clarck e da Takeda; e apoio…, Parceiros institucionais, Nesta Emergência, o UNICEF está trabalhando em conjunto com o Ministério de Direitos Humanos e Cidadania, o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, o Ministério da Saúde e o Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, bem como órgãos do governo estadual, municipais e parceiros da sociedade civil.  , Parceiros implementadores, Para a resposta às chuvas no Rio Grande do Sul, o UNICEF conta com dois parceiros implementadores: a ADRA e a Visão Mundial.
14 maio 2024

Emergências em Assistência Social: Vigilância Socioassistencial

As perspectivas futuras desenham cenários nos quais será mais comum a ocorrência de eventos adversos, decorrentes, entre outros, de mudanças climáticas, deterioração ambiental, urbanização, e sobrecarga das cidades. Esses eventos têm ocorrido de forma cada vez mais frequente e com maior intensidade. É possível conter o poder destrutivo desses eventos, isto é, impedir que se transformem em desastres, por meio de um planejamento cuidadoso e coordenado, desenhado para reduzir a exposição e a vulnerabilidade das famílias e indivíduos aos danos, e a Assistência Social, como ator-chave da proteção social no território, é fundamental nesse processo.Desenvolvido como apoio técnico à Secretaria Nacional de Assistência Social/MDS, o documento faz parte de uma série com o objetivo de transmitir as informações práticas sobre o tema para equipes técnicas e gestores de Assistência Social, contribuindo com o planejamento e coordenação no território. A série visa contribuir com a proteção social de crianças, adolescentes e aos grupos mais vulneráveis em contextos de emergência. Além da apresentação de um roteiro de ações a serem desenvolvidas em etapas pré-emergência, emergência e pós-emergência, o documento organizou materiais de apoio sobre a Vigilância Socioassistencial e que podem ser acessados pelos QRcodes ou diretamente pelos links do documento elaborado em formato interativo. 
14 maio 2024

Emergências na Assistência Social: Gestão Legal, Administrativa, do Trabalho e Orçamentária

As perspectivas futuras desenham cenários nos quais será mais comum a ocorrência de eventos adversos, decorrentes, entre outros, de mudanças climáticas, deterioração ambiental, urbanização, e sobrecarga das cidades. Esses eventos têm ocorrido de forma cada vez mais frequente e com maior intensidade. É possível conter o poder destrutivo desses eventos, isto é, impedir que se transformem em desastres, por meio de um planejamento cuidadoso e coordenado, desenhado para reduzir a exposição e a vulnerabilidade das famílias e indivíduos aos danos, e a Assistência Social, como ator-chave da proteção social no território, é fundamental nesse processo.Desenvolvido como apoio técnico à Secretaria Nacional de Assistência Social/MDS, o documento faz parte de uma série com o objetivo de transmitir as informações práticas sobre o tema para equipes técnicas e gestores de Assistência Social, contribuindo com o planejamento e coordenação no território. A série visa contribuir com a proteção social de crianças, adolescentes e aos grupos mais vulneráveis em contextos de emergência. Além da apresentação de um roteiro de ações a serem desenvolvidas em etapas pré-emergência, emergência e pós-emergência, o documento organizou materiais de apoio para a Gestão Legal, Administrativa, do Trabalho e Orçamentária para a Assistência Social e que podem ser acessados pelos QRcodes ou diretamente pelos links do documento elaborado em formato interativo. 
06 maio 2024

Resposta à estiagem

Enquanto a Floresta Amazônica é uma das principais bacias de água doce do planeta, o Rio Amazonas e suas centenas de afluentes são suas artérias e veias, agora secos e privando centenas de milhares de pessoas de uma vida digna.  Em outubro de 2023, o Estado do Amazonas no Brasil declarou emergência para 100% dos municípios. O Estado do Pará também…, Saiba como o UNICEF está atuando na região Norte, que se prepara para enfrentar a partir de julho uma das piores secas já registradas., View this post on Instagram A post shared by UNICEF Brasil (@unicefbrasil), Conheça os materiais disponíveis, Spots, O UNICEF preparou uma série de conteúdos em áudios de 1 minuto cada, com recomendações sobre os cuidados com a água, a saúde e as crianças durante os períodos de seca. O material pode ser utilizado gratuitamente por rádios, veículos de comunicação, prefeituras e estados, escolas e até mesmo para disseminação via aplicativos de mensagens.  Clique…, Dicas de segurança contra ondas de calor, As ondas de calor são tudo menos diversão sob o sol. O calor extremo pode ser demasiadamente desconfortável e representar sérios riscos para a saúde, especialmente para bebês, crianças, mulheres grávidas e idosos. Sem tomar as devidas precauções, o calor extremo pode causar insolação e, pior ainda, a morte. Como resultado das mudanças climáticas,…, Proteção contra fumaça no ar, Os períodos de estiagem propiciam também um aumento nas queimadas, o que pode diminuir a qualidade do ar que respiramos e ser prejudicial para a saúde, especialmente de crianças e adolescentes. O UNICEF preparou uma série de mensagens com recomendações que podem ser replicadas, confira: Pais mães e cuidadores Brincar na rua é legal! Mas em tempos…, Relatório de Atividades, Conheça as atividades do UNICEF e parceiros em apoio à emergência da seca no Amazonas entre outubro de 2023 e março de 2024., Notícias e histórias de vida, O UNICEF vem atuando no Amazonas para apoiar de forma preventiva os efeitos da seca.  Menino anda em rio raso UNICEF e parceiros atuam para reduzir impacto da seca no Amazonas Unicef para cada criança Águas de Manaus e UNICEF realizam doação de água potável às comunidades atingidas pela seca
26 dezembro 2023

O papel do UNICEF em Israel e na Palestina

Qual é o papel humanitário do UNICEF durante conflitos armados? Quais são os princípios humanitários universais que orientam as operações e advocacy do UNICEF? Por que o UNICEF se refere às “partes em conflito” sem as chamar pelo nome? O compromisso do UNICEF com a neutralidade e outros princípios humanitários impede-o de se manifestar contra as…, 1. Qual é o papel humanitário do UNICEF durante conflitos armados?, O mandato humanitário do UNICEF é ajudar a aliviar o sofrimento de crianças e adolescentes, independentemente de quem sejam ou onde vivam. Em determinadas situações, quando os recursos estão prontamente disponíveis para satisfazer as necessidades de crianças e adolescentes durante uma emergência, fazemos isso oferecendo orientação e apoio a quem…, 2. Quais são os princípios humanitários universais que orientam as operações e advocacy do UNICEF?, Como organização humanitária operacional, o UNICEF orienta-se pelos princípios da humanidade, imparcialidade, neutralidade e independência. Nosso objetivo é defender esses princípios universais em todos os contextos, por ação e por palavra. Humanidade: O sofrimento humano deve ser abordado onde quer que seja encontrado. O objetivo da ação…, 3. Por que o UNICEF se refere às “partes em conflito” sem as chamar pelo nome?, O mandato do UNICEF em qualquer conflito é ajudar a proteger os direitos de crianças e adolescentes e aliviar o seu sofrimento. Isso significa apelar aos envolvidos nos combates para que cumpram as suas obrigações ao abrigo do direito internacional, da forma como a experiência demonstrou servir os melhores interesses das crianças e dos…, 4. O compromisso do UNICEF com a neutralidade e outros princípios humanitários impede-o de se manifestar contra as violações dos direitos das crianças e dos adolescentes?, Não. O UNICEF continuará a denunciar as violações dos direitos das crianças e dos adolescentes, incluindo as graves violações cometidas contra meninas e meninos em todas as vertentes da violência. O nosso mandato é realizar a defesa humanitária do acesso contínuo e desimpedido a todas as crianças e todos os adolescentes necessitados, e fazê-lo em…, 5. O UNICEF pronunciou-se sobre as violações cometidas contra crianças e adolescentes em Israel e na Palestina?, Sim. Em público e a portas fechadas, o UNICEF tem-se manifestado sobre as violações cometidas contra as crianças e os adolescentes em Israel e na Palestina de forma inequívoca, consistente e desde os primeiros dias. Até as guerras têm regras. O assassinato e a mutilação de crianças e adolescentes são uma violação grave condenada pelo Conselho de…, 6. Como o UNICEF opera em Israel?, Em países de renda alta, como Israel, os governos geralmente têm capacidade adequada para responder a emergências. A pedido do Governo, o UNICEF pode estender esse apoio, como apoio psicossocial às crianças e aos adolescentes. Em mais de 30 países onde o UNICEF não realiza atividades programáticas, os Comitês Nacionais do UNICEF servem como seus…, 7. Como o UNICEF opera na Palestina?, O UNICEF tem apoiado crianças e adolescentes palestinos na Cisjordânia e na Faixa de Gaza desde o início da década de 1980. Após a criação da Autoridade Palestina em 1994, o UNICEF nomeou o seu primeiro representante especial para servir as crianças e os adolescentes palestinos. Com funcionários em Jerusalém e na Faixa de Gaza, trabalhamos para…, 8. Qual é o papel humanitário do UNICEF no sistema mais amplo das Nações Unidas?, As Nações Unidas foram fundadas no rescaldo da Segunda Guerra Mundial para reforçar a paz e a segurança internacionais e promover os direitos humanos fundamentais. Por mandato da Assembleia Geral das Nações Unidas, o UNICEF trabalha para proteger os direitos das crianças e dos adolescentes, em tempos de paz ou de crise. O nosso dever de proteger…, 9. O que o UNICEF pede?, O UNICEF pede aos líderes mundiais para que cumpram as suas obrigações ao abrigo do direito internacional humanitário e dos direitos humanos para proteger as crianças e os adolescentes que sofrem devido a essa catástrofe sem precedentes. Meninas e meninos precisam de um cessar-fogo humanitário agora. Veja todos os nossos apelos à ação aqui .