Onde atuamos

Onde atuamos no Brasil

Grandes centros urbanos

Amazônia

Semiárido

Selo UNICEF

 

Grandes centros urbanos

A garantia dos direitos da infância e da adolescência nos grandes centros urbanos está no foco das atenções do UNICEF em todo o mundo. Em poucos anos – e pela primeira vez na história –, a maior parte das crianças vai crescer em cidades. Mais da metade da população mundial, incluindo cerca de 1 bilhão de crianças, vive hoje em áreas urbanas. Muitos desses meninos e meninas têm acesso a escolas, hospitais e espaços de lazer. No entanto, esses direitos ainda não são uma realidade para todos.

No Brasil, cerca de 80% da população mora nas cidades. Milhares dessas pessoas são meninas e meninos que ainda não têm garantidos seus direitos à educação de qualidade, à saúde, a um ambiente acolhedor e protetor. Negar-lhes esses direitos não apenas rouba sua chance de alcançar todo o seu potencial, como também tira das sociedades os benefícios de ter uma população apta a dar respostas aos desafios que a vida em sociedade exige de cada um.

Para contribuir para a redução das desigualdades que afetam a infância e adolescência nas grandes cidades, o UNICEF lançou, em 2008, a Plataforma dos Centros Urbanos (PCU), em São Paulo e no Rio de Janeiro. Os resultados alcançados até 2012 estimularam o UNICEF a aperfeiçoar e ampliar sua atuação, incluindo, para o ciclo 2013-2016, as cidades de Belém, Fortaleza, Maceió, Manaus, Salvador e São Luís. A 3ª edição da Plataforma, que vai de 2017 a 2020, está presente em 10 capitais: Belém, Fortaleza, Maceió, Manaus, Rio de Janeiro, Recife, Salvador, São Luís, São Paulo e Vitória.

Com essa iniciativa, o UNICEF promove os direitos das crianças e dos adolescentes mais afetados pelas desigualdades intramunicipais em dez centros urbanos brasileiros. A PCU é implementada em cooperação com os governos municipal e estadual e por meio da articulação de diferentes atores em torno de agendas prioritárias comuns. Os principais desafios trabalhados são a redução dos homicídios de adolescentes, a promoção dos direitos da primeira infância, o enfrentamento da exclusão escolar e a promoção dos direitos sexuais e reprodutivos dos adolescentes.

 

 

 

 

Garantindo os direitos de meninas e meninos nas cidades brasileiras


Colabore com o UNICEF

   
unite for children