Imprensa

Notícias

Notícias de 2017

Notícias de 2016

Notícias de 2015

Notícias de 2014

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Materiais para radialistas

Contatos

 

Crianças e adolescentes assumem a prefeitura de Maceió, tomam o controle do conselho da Fiesp e se reúnem com o prefeito de São Paulo

No terceiro dia de #criançasnocontrole, meninos e meninas assumiram o comando tanto de órgãos públicos quanto do conselho de empresas de São Paulo, ampliando sua voz

Brasília, 23 de novembro de 2017 – As mobilizações de #criançasnocontrole chegaram ao terceiro dia – em 22 de novembro – com meninos e meninas assumindo o comando da Prefeitura de Maceió e do Conselho Superior Estratégico da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Além disso, nesta quinta-feira, 23 de novembro, adolescentes almoçaram na prefeitura da capital paulista e falaram sobre os desafios da cidade.


Em Maceió, 11 postos da gestão municipal passaram para o controle de crianças e adolescentes. O prefeito Rui Palmeira, seu chefe de gabinete, secretários e deputados cederam suas cadeiras a meninos e meninas da capital alagoana.

De manhã, as crianças e os adolescentes se juntaram a uma discussão parlamentar sobre o orçamento municipal. À tarde, coordenaram uma reunião especial no parlamento da cidade e sugeriram um projeto de lei para transformar o Dia Mundial da Criança em uma data oficial no município.


Em São Paulo, a agenda da quarta-feira começou na Avenida Paulista. Kaylane Oliveira, 15 anos, e Andressa Santos Monteiro, 14, assumiram o lugar de Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) para conversar com cerca de 30 integrantes do Conselho Superior Estratégico da Fiesp sobre a importância das empresas na garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes.

"Geralmente, os adultos têm medo de ouvir os jovens. Eles sempre acham que pode sair alguma besteira. Mas a gente tem muito a dizer, e pode ajudar a melhorar as coisas", defendeu Kaylane.


No dia seguinte, as duas meninas se juntaram a outras crianças e adolescentes para um almoço com o prefeito de São Paulo, João Doria, e os secretários municipais de Direitos Humanos, Assistência Social, Saúde e Educação, em que debateram os direitos da infância e da adolescência.

"Foram dias divertidos, de crianças e adolescentes para crianças e adolescente, mas com um propósito bastante sério. Eles marcam a importância de dar voz a meninos e meninas e garantir que eles sejam protagonistas nas decisões que afetam a sua vida", explica Florence Bauer, representante do UNICEF no Brasil.

Saiba mais sobre o Dia Mundial da Criança.

Sobre o UNICEF – O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do planeta, para alcançar as crianças mais desfavorecidas do mundo. Em 190 países e territórios, o UNICEF trabalha para cada criança, em todos os lugares, para construir um mundo melhor para todos.

Acompanhe nossas ações no Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.

Você também pode ajudar o UNICEF em suas ações. Faça uma doação agora.

Mais informações:
UNICEF Brasil
Pedro Ivo Alcantara, (61) 98166 1636, pialcantara@unicef.org
Elisa Meirelles Reis, (61) 3035 1979, ereis@unicef.org

 

 
unite for children