Nossas prioridades

Infância e adolescência no Brasil

Educação

Saúde

HIV/aids

Proteção de Crianças e Adolescentes

Adolescentes

Esportes e Lazer

Emergência em Roraima

Cooperação Horizontal Sul-Sul

Lista das instituições apoiadas pelo UNICEF

 

Saúde

Situação do Brasil
O Brasil tem se destacado por reduzir significativamente a mortalidade infantil (até 1 ano) e na infância (até 5 anos). Desde 1990, as taxas vêm caindo no País, aliadas ao aumento do atendimento pré-natal e aos investimentos na primeira infância.
Os avanços, no entanto, não alcançam todos. No Brasil, meninos e meninas indígenas têm 2,5 vezes mais risco de morrer antes de completar 1 ano do que as outras crianças brasileiras. A desnutrição infantil é um grave problema entre as populações indígenas, e aparece como uma das principais causas básicas de morte.
Também relacionada à má nutrição está a obesidade. O aumento no consumo de alimentos ultraprocessados, ricos em gordura, sal e açúcar, com baixos teores de vitaminas, tem comprometido a saúde de crianças e adolescentes.
Por fim, quando se fala em saúde, é necessário incluir o tema do HIV/aids e da sífilis congênita. A resposta brasileira ao HIV/aids é reconhecida globalmente como uma das melhores, mas novos casos entre adolescentes e jovens preocupam o País. Há, também, um aumento dos casos de sífilis congênita. Se tratada no pré-natal, a incidência da doença pode ser reduzida.


A CONTRIBUIÇÃO DO UNICEF
O UNICEF trabalha na área de Saúde – em parceria com governos, sociedade civil, setor privado, terceiro setor e famílias – para assegurar a cada criança e cada adolescente o direito de se desenvolver de forma integral, crescer com saúde e livre do HIV/aids.


PRINCIPAIS INICIATIVAS DO UNICEF NO BRASIL

Primeira Infância - Semana do Bebê
Investir na sobrevivência e no desenvolvimento da criança em seus primeiros anos de vida. Esse é o foco das Semanas do Bebê, iniciativa apoiada pelo UNICEF nos 1.919 municípios inscritos no Selo UNICEF e nas 10 capitais da Plataforma dos Centros Urbanos. As semanas têm como objetivo reunir esforços de governos e da sociedade para garantir os direitos das mulheres gestantes, mães e de seus filhos.

Combate ao Aedes aegypti
O UNICEF realiza campanhas de controle do mosquito Aedes aegypti, transmissor de dengue e zika. Em 2016 e 2017, o UNICEF também trabalhou no atendimento a crianças com a síndrome congênita do zika (SCZ), suas famílias e profissionais de saúde.

Enfrentamento da obesidade
O UNICEF investe na prevenção de sobrepeso e obesidade em crianças e adolescentes. Entre as ações, está a criação de materiais informativos sobre aleitamento materno, alimentação complementar saudável para crianças de até 2 anos e alimentação saudável para adolescentes. O tema da nutrição também está entre as atividades propostas aos 1.919 municípios inscritos no Selo UNICEF.

Determinantes de desnutrição indígena
Em 2017, o UNICEF começou um planejamento para a realização de um amplo estudo sobre determinantes da desnutrição indígena, focado nos Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI) com os piores indicadores de desnutrição e mortalidade infantil. Com base no estudo, serão desenvolvidas iniciativas, em parceria com o governo federal, para a garantia do direito à saúde de meninos e meninas indígenas.

Viva Melhor Sabendo Jovem
Para enfrentar o aumento do HIV/aids entre adolescentes, o UNICEF criou o Viva Melhor Sabendo Jovem. Trata-se de uma estratégia em saúde para ampliar o acesso de adolescentes e jovens entre 15 e 24 anos ao teste do HIV, a retenção ao tratamento dos jovens soropositivos e o acesso às informações sobre prevenção.

RESULTADOS

  • 58% de aumento nas testagens de HIV/aids em adolescentes e jovens de Fortaleza, alcançando um total de 3.545 testagens realizadas.
  • 1,47 milhão de brasileiros alcançados por mensagens do UNICEF sobre controle do Aedes aegypti e a síndrome congênita do zika.
  • 380 crianças com a síndrome congênita do zika atendidas integralmente, junto com suas famílias, em Recife (PE) e Campina Grande (PB).

O QUE MAIS PLANEJAMOS FAZER

  • Capacitar gestores dos 1.919 municípios inscritos no Selo UNICEF para formular políticas específicas voltadas a adolescentes vulneráveis ou excluídos.
  • Desenvolver projetos voltados a adolescentes em atraso escolar, em risco de deixar a escola.
  • Fortalecer e ampliar redes de adolescentes em todo o País.
  • Investir em iniciativas de esportes para o desenvolvimento voltadas a adolescentes.
  • Promover a formação de adolescentes em competências e habilidades para a vida.

###

Você também pode ajudar o UNICEF em suas ações. Faça uma doação agora.

 

 

 

 

Colabore com o UNICEF

   
unite for children

O UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) é uma parte integral das Nações Unidas. A missão do UNICEF é promover os direitos e bem-estar de todas as crianças em tudo o que fazemos e, junto com nossos parceiros, traduzir esse compromisso em ações práticas em benefício das crianças de todos os lugares. Nossos programas dependem integralmente de contribuições voluntárias de pessoas físicas e organizações, além dos fundos arrecadados por meio de nossas atividades, como a venda de produtos licenciados. O UNICEF é isento de todos os impostos diretos no Brasil sob os direitos internacionais e brasileiros.

Para mais informações relacionadas à sua doação, entre em contato no 0800-605-2020 ou pelo e-mail amigodacrianca@unicef.org

Para informações de privacidade, acesse nossa política de privacidade.

CNPJ: 03744126/0001-69 

and