“Vou usar o álcool gel quando tiver que sair”, diz moradora da Cidade Tiradentes

Mais de 6.500 famílias em situação de vulnerabilidade foram beneficiadas pela doação de 20 mil frascos de álcool em gel em São Paulo, numa ação conjunta da Nívea com o UNICEF e parceiros

UNICEF Brasil
20 abril 2020

“Eu estava precisando muito do álcool gel, porque agora ficou caro e a gente não consegue mais comprar”, afirma Leda Vitória, moradora do bairro Vila Yolanda, na Cidade Tiradentes, Zona Leste de São Paulo. Diarista, mãe de dois filhos e impossibilitada de trabalhar por conta da pandemia do novo coronavírus, Leda tem vivido várias dificuldades para cuidar da família.“Não tenho com quem deixar meus filhos para tentar trabalhar. Em casa, só temos arroz e feijão, mas as crianças precisam de mais do que isso. Tenho que pedir emprestado para minha vizinha ou ir à casa de minha mãe para eles terem alguma coisa para comer”, conta Leda, para quem todo apoio está sendo bem-vindo.

uma mãe sorridente carrega seus dois filhos no colo, um de cada lado.
Arquivo pessoal

“Vou usar o álcool gel que ganhei quando tiver que sair. Dentro de casa, eu costumo lavar as mãos com água e sabão.”

Leda Vitória, Cidade Tiradentes

Leda recebeu a doação de álcool em gel em sua comunidade, atendida pelo Instituto Ação e Proteção. “O único contato que essas famílias estão tendo com álcool em gel está sendo graças a esta doação. Gostaria muito de agradecer a todos que contribuíram para que de alguma forma a gente possa diminuir o sofrimento das famílias”, destaca Cris Sales, coordenadora de projetos sociais do instituto, ligado à Rede Ibab Solidária.

A Rede Ibab Solidária, a Visão Mundial e o Instituto Verdeescola apoiaram a distribuição da doação de álcool em gel realizada pela Nívea em parceria com o UNICEF. Ao todo, mais de 6.500 famílias em situação de vulnerabilidade em São Paulo receberam 20 mil frascos de álcool em gel neste mês de abril.