Heranças e legados

Testamento Solidário – Seu legado para as futuras gerações

Bebê de três dias no colo do pai, em um campo de refugiados na Jordânia

Comece hoje a criar oportunidades que vão durar uma vida inteira para as crianças

Você sabia? É possível incluir o UNICEF em seu testamento e assim garantir que continue ajudando as crianças mais vulneráveis do mundo.

O Testamento Solidário UNICEF é uma maneira de garantir que a sua solidariedade será estendida às futuras gerações, alcançando um mundo melhor para todas as crianças, suas famílias, sua comunidade e seu país. Qualquer legado, não importa o tamanho, fará uma enorme diferença na vida de muitas crianças no Brasil e no mundo.

Após contemplar sua própria família e amigos, você também pode doar parte dos seus bens às crianças mais desprotegidas do mundo, sejam bens financeiros, móveis ou imóveis.

É um processo simples que pode ser feito a qualquer momento, mesmo com o testamento pronto. Para saber mais, contate o seu advogado, um Cartório de Notas.


Se deseja receber nosso informativo sobre como deixar um legado para o UNICEF ou se tiver alguma dúvida, por favor, entre em contato com nossa responsável pelo programa de Heranças e Legados:

Natacha Francais
Telefone: (61) 3035 1926 ou e-mail nfrancais@unicef.org


FORMULÁRIO


Seu testamento em três passos

ícone mostra uma casa, um cifrão e um carro

Decida qual o bem – seja financeiro, móvel ou imóvel – que você quer deixar para o UNICEF.

ícone mostra duas pessoas apertando as mãos, atrás aparece um papel, uma caneta e duas outras pessoas

Faça ou altere seu testamento na presença de um escrivão e duas testemunhas.

ícone mostra um documento com um cifrão e um lápis

Envie uma cópia ao UNICEF mostrando que você nos incluiu em seu testamento.

Para incluir o UNICEF, você deve colocar estas informações:

Fundo das Nações Unidas para a Infância, Órgão subsidiário das Nações Unidas, com escritório de representação na SEPN 510, Bloco A, 2º andar, Brasília (DF), 70.750-521.
CNPJ: 037 441 26 0001-69

 

A funcionária do UNICEF Natacha Francais olha para a câmera sorrindo, ela usa uma camiseta do UNICEF e está na frente de um backdrop com a logo do UNICEF

Se deseja receber nosso informativo sobre como deixar um legado para o UNICEF ou se tiver alguma dúvida, por favor, entre em contato com nossa responsável pelo programa de Heranças e Legados:

Natacha Francais
Telefone: (61) 3035 1926
E-mail: nfrancais@unicef.org

Testemunhos

senhora que deixou uma herança para o UNICEF

Eu sou uma professora aposentada. Por causa da minha profissão, eu conheci muito e de perto a violação dos direitos das crianças e dos jovens. Ao ler a revista do UNICEF, não hesitei e decidi deixar algo para o futuro das crianças.
Eu torno minha decisão pública para que outros possam participar também, levando isso em consideração, como outra forma de construir um mundo melhor.

Patricia Virginia Salary

senhora que deixou uma herança para o UNICEF

Sendo mãe, minha prioridade é deixar o melhor para meu filho e para todas as crianças que necessitam, para que levem uma vida digna. E quem melhor do que o UNICEF para fazer isso? O UNICEF me mostrou preocupação em realizar ações em prol das crianças ao longo dos anos. Incluir o UNICEF no meu testamento foi uma decisão ponderada, que teve o apoio de meu filho e meu marido.

Conchi Archidona

Nosso compromisso com você

A missão do UNICEF é garantir que os direitos de todas as crianças, em todos os lugares, sejam realizados sempre. E você pode ajudar, deixando um legado por meio de seu testamento.

Nosso compromisso é agir com a máxima transparência para cumprir e reforçar a vontade expressa no seu testamento e, ainda:

  • Respeitar sua privacidade;
  • Respeitar sua família e entes queridos;
  • Dar total liberdade para que você decida quais bens ou quantidades deseja legar;
  • Manter você informado sobre o trabalho e os programas do UNICEF que mais lhe interessa; e
  • Garantir que qualquer contribuição recebida da sua parte seja gerenciada com todo o cuidado, sensibilidade e respeito pelos seus desejos, assim como garantir que seu legado será usado de forma a obter o máximo impacto na infância.

Perguntas frequentes

  1. O que é um testamento?
    O testamento é um ato pessoal, unilateral e revogável pelo qual uma pessoa dispõe, para depois da morte, de todos os seus bens ou de parte deles.
  2. Por que é recomendado fazer um testamento?
    O testamento é um processo rápido e simples que permite que você decida o destino de seus ativos. Se você não faz um testamento, a lei designará seus herdeiros de acordo com uma ordem de parentesco. Caso não haja herdeiros e nenhum testamento tenha sido elaborado, a lei designará o Estado como herdeiro.
  3. Quem são os herdeiros necessários?
    Herdeiros necessários são aqueles a quem a lei reconhece o direito de herdar e gozar de uma parte legítima da qual não podem ser privados, nem por doação nem por testamento:
    • Descendentes (filhos e netos), com direito a dois terços da herança do falecido;
    • Ascendentes (pais e avós) e cônjuge, com direito a metade da herança do falecido.
  4. Se eu tiver herdeiros necessários, posso incluir o UNICEF no meu testamento?
    Sim, mas nesse caso será disponibilizada apenas a porção de disposição livre, respeitando o legítimo que, por lei, corresponde aos seus herdeiros forçados:
    • Caso você tenha descendentes (filhos e netos), poderá disponibilizar um terço de todos os seus ativos;
    • Caso tenha ascendentes (pais e avós) e/ou cônjuge, mas não descendentes, poderá disponibilizar até metade de seus ativos.
    • Caso não possua herdeiros forçados, você poderá disponibilizar todos os seus bens.
  5. Eu não tenho muito dinheiro ou propriedade em meu nome. Ainda assim posso colaborar?
    Não é necessário ter uma grande fortuna ou várias propriedades para colaborar com o UNICEF. Um carro, joias, móveis de valor considerável, poupança e até mesmo uma apólice de seguro de vida podem ser colocados em testamento. Qualquer que seja sua herança, ela fará diferença na vida das crianças.
  6. Já fiz meu testamento. Tenho que refazê-lo para incluir o UNICEF?
    Não. Você precisará apenas entrar em contato com um escrivão de sua confiança para modificar seu testamento. Isso pode ser feito a qualquer momento e quantas vezes você desejar.
  7. Como o UNICEF sabe que eu fiz um testamento o seu favor?
    A maneira mais segura é notificar o UNICEF: entre em contato com a equipe de legados, pelo telefone (61) 3035 1926 ou pelo e-mail amigodacrianca@unicef.org.
    Além disso, se o testamento foi feito perante um notário público durante o processo de inventário, o juiz vai pedir o registro de atos de última vontade para informar se o falecido fez um testamento.
    Também é possível indicar um executor do seu testamento, a quem você deverá informar a realização desse documento e as providências para que ele seja cumprido.

Como incluir o UNICEF no meu testamento

Três passos para deixar um testamento para o UNICEF:

  1. Decida qual o bem que você quer deixar;
  2. Faça ou altere seu testamento na presença de um escrivão e duas testemunhas; e
  3. Envie uma cópia ao UNICEF mostrando que você nos incluiu em seu testamento.

Para incluir o UNICEF, não esqueça de colocar estas informações:

Fundo das Nações Unidas para a Infância, Órgão subsidiário das Nações Unidas, com escritório de representação na SEPN 510, Bloco A, 2º andar – Brasília (DF), 70.750-521
CNPJ: 037 441 26 0001-69