UNICEF envia seis toneladas de suprimentos para apoiar a resposta da China ao novo surto de coronavírus

A remessa inclui máscaras e roupas de proteção para ajudar a conter o vírus

29 janeiro 2020
na foto há um carregamento de suprimentos em cima de uma plataforma ao lado de um avião com o compartimento de cargas aberto
UNICEF/UNI281221/Hildelbrandt
Em 28 de janeiro de 2020, um voo que sai de Copenhague, na Dinamarca, com destino a Xangai, é carregado com equipamentos de proteção, incluindo roupas de proteção, máscaras cirúrgicas e máscaras respiratórias. Os suprimentos serão transportados para Wuhan, na China, em apoio à resposta do governo ao surto de coronavírus.

Nova Iorque, 29 de janeiro de 2020 – Uma remessa do UNICEF de máscaras respiratórias e roupas de proteção para profissionais de saúde desembarcou hoje em Xangai, na China, para apoiar a resposta desse país ao novo surto de coronavírus (2019-nCoV).

Pesando seis toneladas, os suprimentos foram enviados do centro global de operações de suprimentos do UNICEF, em Copenhague, e serão encaminhados para Wuhan. O UNICEF enviará mais itens nos próximos dias e semanas.

"Este coronavírus está se espalhando a uma velocidade vertiginosa e é importante colocar todos os recursos necessários para detê-lo", disse Henrietta Fore, diretora executiva do UNICEF. "Podemos não saber o suficiente sobre o impacto do vírus nas crianças ou quantas podem estar afetadas – mas sabemos que monitoramento e prevenção rigorosos são fundamentais. O tempo não está do nosso lado".

Até o momento, cerca de 6 mil pessoas foram infectadas e os números estão aumentando rapidamente. A maioria dos casos ocorre na China e há relatos de infecções entre crianças.

O UNICEF está em contato estreito com as autoridades chinesas, incluindo o Ministério do Comércio e a Comissão Nacional de Saúde, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e outras agências da ONU para monitorar desenvolvimentos e necessidades à medida que a situação se desdobra.

O UNICEF também está trabalhando com a OMS e parceiros para uma resposta multissetorial coordenada na China e em outros países afetados.

Os coronavírus são transmitidos por contato direto, gotículas respiratórias como tosse e espirro e toque em superfícies contaminadas com o vírus. Os sintomas incluem febre, tosse, falta de ar e dificuldades respiratórias. Em casos mais graves, a infecção pode causar pneumonia, síndrome respiratória aguda grave, insuficiência renal e até morte.

Para evitar o risco de transmissão, as pessoas devem:

  • Lavar as mãos com frequência usando sabão e água e esfregar as mãos com álcool gel;
  • Cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar;
  • Evitar contato próximo com qualquer pessoa que tenha febre e tosse;
  • Procurar atendimento médico precoce se tiver febre, tosse e dificuldade em respirar e compartilhar o histórico de viagens anteriores com seu médico.

#####

Fotos e vídeos estão disponíveis aqui: https://weshare.unicef.org/Package/2AM408W4AQSW

Contatos para a imprensa

Elisa Meirelles Reis

Oficial de Comunicação

UNICEF Brasil

Telefone: (61) 3035 1979

Telefone: (61) 98166 1649

Ester Correa Coelho

Oficial de Comunicação

UNICEF Brasil

Telefone: (61) 3035 1973

Pedro Ivo Alcantara

Especialista em Comunicação

UNICEF Brasil

Telefone: (61) 3035 1947

Telefone: (61) 98166 1636

Sobre o UNICEF
O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do planeta, para alcançar as crianças mais desfavorecidas do mundo. Em 190 países e territórios, o UNICEF trabalha para cada criança, em todos os lugares, para construir um mundo melhor para todos.

Acompanhe nossas ações no FacebookTwitterInstagramYouTube e LinkedIn.

Você também pode ajudar o UNICEF em suas ações. Faça uma doação agora.