UNICEF e OPAS entregam concentradores de oxigênio ao Governo do Amazonas

A capital e cinco municípios do interior do Estado serão beneficiados com a doação

10 fevereiro 2021
Chegada dos concentradores de oxigênio
UNICEF/BRZ/Juliana Pesqueira

Manaus, 10 de fevereiro de 2021 – O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) estão reforçando o seu apoio ao Estado do Amazonas, em resposta à situação crítica da pandemia da Covid-19. Nesta quarta-feira, dia 10, chegaram a Manaus 50 concentradores de oxigênio doados pelo UNICEF e 30 doados pela OPAS ao Governo do Estado do Amazonas. A logística de transporte aéreo foi realizada pela Americanas, em parceria com o UNICEF.

Os concentradores serão enviados pelo Governo do Estado a Manaus e outros cinco municípios: Tefé, Tabatinga, Lábrea, Carauari e Itacoatiara. Os equipamentos são utilizados para armazenar e filtrar as moléculas de oxigênio que são retiradas do ambiente, purificadas, concentradas e enviadas ao paciente por meio de cânulas ou mascaras para manter a saturação ideal para os pacientes internados.

“A doação dos concentradores de oxigênio é uma das muitas ações que o UNICEF vem desenvolvendo desde o começo da pandemia no Amazonas e em todo o País. Reafirmamos, com isso, nosso compromisso de apoiar o Estado no enfrentamento dessa crise e na garantia da saúde e dos direitos de crianças, adolescentes e famílias, em especial as mais vulneráveis”, afirma Florence Bauer, representante do UNICEF no Brasil.

Em apoio ao governo estadual do Amazonas, a Organização Pan-Americana da Saúde apresentou, no mês passado, as possibilidades de uso de concentradores de oxigênio para tratamento de pacientes com Covid-19.

“Venho aqui, em nome do povo do Amazonas, agradecer o apoio do UNICEF e da OPAS com a disponibilização de concentradores de oxigênio. Eles serão muito importantes nesse momento em que a gente atravessa por uma situação difícil de pandemia, para atender os nossos irmãos aqui na capital e também no interior. Sobretudo, aquelas pessoas que têm estruturas de homecare montadas para o atendimento da Covid-19. Muito obrigado ao UNICEF, à OPAS e a todos os institutos internacionais que estão nos ajudando nessa luta para salvar vidas”, agradeceu Wilson Lima, Governador do Amazonas.

Ações da OPAS

Desde janeiro de 2020, antes mesmo do primeiro caso da doença na América Latina, a OPAS tem colaborado com as ações do Ministério da Saúde do Brasil, dos estados e dos municípios na resposta à Covid-19. No Amazonas, a Organização apoiou o fortalecimento da capacidade de vigilância, comunicação de risco, vacinação, atenção à saúde e laboratório, inclusive com a contratação de profissionais, criação de um Centro de Operações de Emergências e envio de equipamentos de saúde.

A OPAS também doou recentemente 60 mil testes rápidos baseados em antígenos (para apoiar o diagnóstico de casos de Covid-19), 4.600 oxímetros (para monitorar as condições de saúde de pacientes), 45 cilindros de oxigênio (para abastecer estabelecimentos de saúde do Amazonas), 1.500 termômetros (para checagem de temperatura de pacientes) e contratou 46 apoiadores para ajudar a garantir o funcionamento do laboratório central do estado 24 horas por dia, sete dias por semana. A OPAS continuará a prestar cooperação técnica em parceria com as autoridades nacionais, estaduais e municipais de saúde.

A OPAS apoia ainda o desenvolvimento do plano nacional de vacinação do Brasil, fornecendo suporte técnico e compartilhando as mais recentes evidências científicas relacionadas à Covid-19. Além disso, a Organização promoveu o intercâmbio de experiências com especialistas de diferentes países, como China, Espanha, Itália e Japão, por meio de uma série de seminários, reuniões e outros eventos, para apoiar o Brasil no desenvolvimento de protocolos, bem como informar as autoridades de saúde pública sobre as estratégias e descobertas mais atualizadas.

A OPAS também disponibiliza, em português, cursos virtuais para profissionais de saúde – inclusive por meio de parceria com as Escolas de Saúde Pública estaduais – e guias técnicos sobre Covid-19. Os temas dos cursos vão desde a prevenção, controle de infecções e cuidados clínicos até a elaboração de projetos para construção de Unidades de Tratamento de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), entre outros. Já os guias apresentam toda a produção científica mais recente, de modo a permitir que profissionais de saúde, gestores, população em geral e outros públicos possam proteger a si e aos outros.

Ações do UNICEF no Amazonas

Durante os últimos meses, o UNICEF trabalhado tem facilitado a entrega de cestas básicas e kits de higiene para a famílias vulneráveis, população indígena e refugiados e migrantes da Venezuela. Na área de saúde, as ações incluem qualificação dos profissionais de saúde para temas relacionados ao novo coronavírus, monitoramento da Covid-19 nos espaços de acolhimento para refugiados e migrantes da Venezuela, apoio para a continuidade do atendimento de saúde e a vacinação de rotina de gestantes, crianças e adolescentes.

Na área de comunicação, o apoio inclui também ações voltadas à prevenção da Covid-19; ações voltadas à proteção de crianças e adolescentes contra a violência; promoção da saúde mental; e acesso a água, saneamento e educação.

Com relação a suprimentos, o UNICEF está apoiando Manaus também com a provisão de equipamentos de proteção individual (EPIs) para unidades básicas de saúde (UBS) e para o hospital de campanha no enfrentamento da Covid-19 na cidade, por meio de doações de máscaras cirúrgicas, máscaras N95 e termômetros à Secretária Municipal de Saúde.

Além do UNICEF e da OPAS, outras agências da ONU estão apoiando a capital amazonense. Entre elas, o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), a Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) e a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Contatos para a imprensa

Elisa Meirelles Reis
Oficial de Comunicação
UNICEF Brasil
Telefone: (61) 3035 1979
Telefone: (61) 98166 1649

Sobre o UNICEF
O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do planeta, para alcançar as crianças mais desfavorecidas do mundo. Em 190 países e territórios, o UNICEF trabalha para cada criança, em todos os lugares, para construir um mundo melhor para todos.

Acompanhe nossas ações no Facebook, Twitter, Instagram, YouTube, LinkedIn e TikTok.

Você também pode ajudar o UNICEF em suas ações. Faça uma doação agora.