UNICEF apoia refugiados e migrantes afetados por tempestade tropical em Roraima

Em conjunto com a Força-Tarefa Logística Humanitária da Operação Acolhida e agências parceiras, o Fundo das Nações Unidas para a Infância presta apoio às comunidades migrantes atingidas

21 setembro 2022
Foto mostra um caminhão-pipa com o logo do UNICEF
UNICEF/BRZ/Amanda Panarini

Boa Vista, 21 de setembro de 2022 – Parte da cidade de Boa Vista, capital do estado de Roraima, no extremo norte do Brasil, foi atingida por intensas chuvas no último sábado, 17 de setembro. A tempestade tropical afetou a infraestrutura dos abrigos e ocupações que acolhem os migrantes e refugiados venezuelanos

A equipe do UNICEF está desde domingo em campo avaliando o impacto das fortes chuvas nos abrigos e ocupações e garantindo assistência às crianças e famílias afetadas. Muitos desses espaços estão sofrendo com falta de energia elétrica e falta de água potável. Além disso, boa parte das construções e estruturas físicas ficaram sem telhado, incluindo aquelas destinadas a moradias de migrantes e refugiados.

“Estamos trabalhando intensamente para o restabelecimento dos serviços do UNICEF e seus parceiros nos abrigos e ocupações. Precisamos ter atenção especial às crianças e AOS adolescentes, que ficam especialmente vulneráveis em situações de emergência. Intensificamos os trabalhos, junto com os parceiros da Operação Acolhida, para restabelecer o mais rápido possível os serviços básicos, como acesso à água de qualidade, e assegurar que crianças e adolescentes estejam protegidos, saudáveis e a na escola", explicou Daiana Pena, chefe interina do Escritório do UNICEF em Roraima.

O impacto no Bairro 13 de Setembro, onde está localizada a maioria dos abrigos da Operação Acolhida, foi grande e todos os centros de acolhida foram atingidos com a passagem da tempestade tropical. No abrigo Pricumã, por exemplo, 34 habitações temporárias para refugiados ficaram completamente destruídas. Já no Espaço Emergencial 13 de Setembro, cerca de 100 pessoas tiveram que ser realocadas para outros abrigos devido a danos nas habitações temporárias. Outro fato preocupante é que as instalações do projeto Súper Panas (espaços onde UNICEF e parceiros desenvolvem atividades educacionais e psicossociais) nos abrigos Rondon 1, Pricumã e Waraotuma a Tuaranoko ficaram comprometidas, a maioria delas sem telhado e com materiais pedagógicos danificados pela água da chuva. 

O UNICEF e seus parceiros atuaram rapidamente para garantir que crianças, adolescentes e famílias estejam assistidos. No domingo, equipes de saúde estavam disponíveis nos espaços para o atendimento da população dos abrigos. Monitores de água, saneamento e higiene fizeram uma avaliação rápida de necessidades relacionada à água para consumo humano e banheiros. Além disso, apoiaram na organização de migrantes para acesso a água, limpeza de ambientes, coleta de resíduos e distribuição de hipoclorito de sódio. Os espaços de educação afetados pela tempestade foram isolados para que se iniciassem os reparos na última segunda pela manhã. O UNICEF mobilizou um caminhão-pipa em articulação com a Caer para apoiar de forma emergencial o acesso à água potável no abrigo indígena Waraotuma a Tuaranoko.

A atuação do UNICEF para garantir o cuidado e proteção para salvar vidas e defender os direitos de crianças e adolescentes refugiados e migrantes da Venezuela é possível graças às generosas contribuições dos nossos doadores, com quem compartilhamos essas ações e resultados: US Bureau of Population, Refugees and Migrarion, European Civil Protection and Humanitarian Aid Operations, Swedish International Development Agency, Canada e UNICEF German Committee.

Contatos para a imprensa

Amanda Panarini
Oficial de Comunicação em Emergências
UNICEF Brasil
Telefone: (95) 98117 8628

Sobre o UNICEF
O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do planeta, para alcançar as crianças mais desfavorecidas do mundo. Em mais de 190 países e territórios, o UNICEF trabalha para cada criança, em todos os lugares, para construir um mundo melhor para todos.

Acompanhe nossas ações no Facebook, Twitter, Instagram, YouTube, LinkedIn e TikTok.

Você também pode ajudar o UNICEF em suas ações. Faça uma doação agora.