Semana Mundial de Imunização: O embaixador do UNICEF Liam Neeson encabeça a comemoração de uma semana de esforços globais de vacinação e pede um maior investimento

Parceiros globais prometem US$ 1 para cada curtida, compartilhamento ou comentário em postagens de mídia social que mencionem o 'UNICEF' usando a hashtag #longlifeforall (#vidalongaparatodos) até 10 de maio

24 abril 2022

Vídeos disponíveis para download aqui

Nova Iorque, 24 de abril de 2022 – O embaixador do UNICEF Liam Neeson está encabeçando a iniciativa global de imunização do UNICEF com uma mensagem agradecendo aos cientistas, pais, profissionais de saúde e outros que têm sido tão essenciais em ajudar a imunizar crianças nas últimas duas décadas.

Em um vídeo divulgado antes da Semana Mundial de Imunização, Neeson fala sobre como os esforços de cientistas como Jonas Salk, que desenvolveu a primeira vacina contra a poliomielite, e trabalhadores dedicados que enchem frascos em fábricas ou aplicam vacinas, tornaram possível salvar a vida de dois milhões a três milhões de crianças a cada ano.

"As vacinas são uma história notável de sucesso humano. Nos últimos 75 anos, bilhões de crianças foram vacinadas, graças a cientistas, profissionais de saúde, voluntários. Se você já foi vacinado ou vacinou suas crianças, então você faz parte da corrente braço a braço que mantém toda a humanidade segura", disse o ator britânico Liam Neeson, embaixador do UNICEF. "Vivemos nossa vida livres da preocupação de pegar varíola. Antes um diagnóstico aterrorizante, a poliomielite não é mais uma ameaça na maior parte do mundo. A conversa sobre vacinas nos últimos anos perdeu de vista o bem que elas fizeram para cada um de nós. Precisamos comemorar isso. É talvez uma das maiores conquistas coletivas da história da humanidade".

Cada curtida, compartilhamento ou comentário em postagens mencionando uma conta de rede social do UNICEF e usando a hashtag #longlifeforall (#vidalongaparatodos, em português, mas a hashtag tem de ser escrita em inglês) de hoje até 10 de maio desbloqueará US$ 1 para o UNICEF, da campanha Shot@Life, da Fundação das Nações Unidas, e da Fundação Bill & Melinda Gates – até um total de US$ 10 milhões – para ajudar a garantir que todas as crianças recebam as vacinas vitais de que precisam.

Apesar dos sucessos, 23 milhões de crianças – um número alarmante – não foram vacinadas em 2020. Esse número só poderá ser reduzido com um maior compromisso e investimento nos serviços de imunização. O UNICEF é o principal fornecedor mundial de vacinas para crianças em mais de 100 países. Com a Gavi, a Aliança Mundial para Vacinas e Imunização, e seus parceiros, o UNICEF fornece vacinas para atingir 45% das crianças menores de 5 anos do mundo. O UNICEF também trabalha com governos em mais de 130 países para fortalecer os programas nacionais de saúde e imunização.

"Os últimos dois anos nos ensinaram que um sistema de saúde que deixa algumas crianças expostas é um sistema de saúde que deixa todas as crianças expostas", disse a diretora executiva do UNICEF, Catherine Russell. "A melhor maneira de o mundo se recuperar desta pandemia – e se preparar para futuras emergências de saúde – é investir em sistemas de saúde mais fortes, imunização e serviços essenciais de saúde para todas as crianças".

A Semana Mundial de Imunização – celebrada todos os anos na última semana de abril – é liderada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e reúne parceiros globais para promover o uso de vacinas para proteger pessoas de todas as idades contra doenças. O tema deste ano é #LongLifeForAll (#VidaLongaParaTodos), com 'vida longa' refletindo a importância das vacinas ao longo da vida.

"Estamos em uma corrida contra o tempo para restaurar os serviços de imunização interrompidos pela pandemia de covid-19 e acelerar o progresso contra todas as doenças evitáveis por vacina", disse Gargee Ghosh, presidente de Política Global e Advocacy da Fundação Bill & Melinda Gates. "É por isso que estamos entusiasmados em trabalhar com o UNICEF e outros parceiros em todo o mundo para garantir que as crianças – especialmente as dos países mais pobres do mundo – tenham acesso às vacinas de que precisam para viver uma vida longa e saudável".

"O UNICEF garante que quase metade das crianças do mundo com menos de 5 anos seja 'protegida pelo amor' com vacinas que salvam vidas", disse Martha Rebour, diretora executiva da Shot@Life, da Fundação das Nações Unidas. "Estamos honrados em apoiar e promover seu trabalho durante a Semana Mundial de Imunização e esperamos que outros se juntem a nós em nossa defesa desses programas globais essenciais de vacinas".

###

Notas para editores

O vídeo e a campanha serão lançados às 00h01 GMT de 24 de abril. As conversas online com os embaixadores do UNICEF serão compartilhadas no Facebook e Instagram e também estarão disponíveis para download aqui sob embargo e durante a Semana Mundial de Imunização.

Sobre Shot@Life
Shot@Life é uma campanha de advocacy de base da Fundação das Nações Unidas que defende a imunização infantil global como uma das maneiras mais eficazes de salvar a vida de crianças em todo o mundo. Reúne membros do público, membros do Congresso, empresas e parceiros da sociedade civil – por meio de educação pública e advocacy de base – para apoiar e investir em programas globais de imunização infantil. Saiba mais em www.ShotAtLife.org

Contatos para a imprensa

Elisa Meirelles Reis
Oficial de Comunicação
UNICEF Brasil
Telefone: (61) 98166 1649
Ester Correa Coelho
Oficial de Comunicação
UNICEF Brasil
Telefone: (61) 99122 8671

Sobre o UNICEF
O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do planeta, para alcançar as crianças mais desfavorecidas do mundo. Em mais de 190 países e territórios, o UNICEF trabalha para cada criança, em todos os lugares, para construir um mundo melhor para todos.

Acompanhe nossas ações no Facebook, Twitter, Instagram, YouTube, LinkedIn e TikTok.

Você também pode ajudar o UNICEF em suas ações. Faça uma doação agora.