Mantenham as crianças na Venezuela protegidas em todos os momentos

Declaração da diretora executiva do UNICEF, Henrietta Fore, sobre a situação na Venezuela

01 Maio 2019

Nova Iorque, 1º de maio de 2019 – "Pelo menos 15 adolescentes entre 14 e 17 anos foram feridos durante os protestos de rua na Venezuela ontem, de acordo com relatórios preliminares recebidos pelo UNICEF.

Os protestos de rua potencialmente violentos na Venezuela estão expondo crianças e jovens a ferimentos e danos. Peço a todos os envolvidos que tomem medidas imediatas para proteger meninos e meninas de qualquer tipo de violência.

O trabalho humanitário do UNICEF na Venezuela busca atender às necessidades básicas de crianças e famílias. O UNICEF e seus parceiros estão fornecendo vacinas, tratamento antimalárico, kits de obstetrícia e suplementos vitamínicos e minerais. Para ajudar as crianças a lidar com o estresse da violência, o UNICEF criou espaços para crianças em Caracas, Zulia e outros locais em todo o país.

Além disso, o UNICEF está fornecendo água potável e suprimentos de higiene e materiais educacionais e recreativos para os estudantes.

O UNICEF ecoa o apelo do secretário-geral das Nações Unidas para que todos os lados atuem com a máxima moderação. As crianças e os jovens na Venezuela devem poder usufruir de seus direitos à saúde, à educação, à proteção e à participação com segurança e em todos os momentos."

Contatos para a imprensa

Najwa Mekki

UNICEF Nova Iorque

Telefone: +1 917 209 1804

Sobre o UNICEF
O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do planeta, para alcançar as crianças mais desfavorecidas do mundo. Em 190 países e territórios, o UNICEF trabalha para cada criança, em todos os lugares, para construir um mundo melhor para todos.

Acompanhe nossas ações no FacebookTwitterInstagramYouTube e LinkedIn.

Você também pode ajudar o UNICEF em suas ações. Faça uma doação agora.