128 Unidades Municipais de Saúde e Educação são certificadas como Unidades Amigas da Primeira Infância no Rio de Janeiro

Numa iniciativa do UNICEF, realizada pela Prefeitura do Rio de Janeiro, 117 unidades de saúde e 11 de educação são reconhecidas por sua atuação com crianças de até 6 anos e suas famílias

21 junho 2023
Foto mostra um grupo de pessoas levantando certificados
Edu Kapps/SMS/Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro

Rio de Janeiro, 21 de junho de 2023 – Pela primeira vez na cidade do Rio de Janeiro, 117 serviços municipais de saúde e 11 de educação infantil são certificados como Unidades Amigas da Primeira Infância (Uapi), além do destaque para o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Acari, que teve participação-piloto na iniciativa. Numa iniciativa do UNICEF, realizada pela Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro, a certificação ocorreu nesta quarta-feira (21/6) na Cidade das Artes, com presença da chefe do escritório do UNICEF no Rio, Luciana Phebo; o subsecretário municipal de Promoção, Atenção Primária e Vigilância em Saúde do Rio de Janeiro, Renato Cony; de Educação, Renan Ferreirinha; e de Assistência Social, Adilson Pires; além de representantes do Cecip e World Forum Organization, que também fizeram parte do Comitê Científico da iniciativa.

A Uapi é uma iniciativa do UNICEF e parceiros, realizada com as prefeituras de seis capitais brasileiras. A cerimônia no Rio de Janeiro abriu uma série de eventos de certificações que também ocorrerão ao longo das próximas semanas em Belém, Fortaleza, Recife, Salvador e São Luís.

Durante a cerimônia na capital fluminense, cada um dos serviços certificados recebeu uma placa de certificação a ser fixada na unidade de atendimento. O reconhecimento das unidades é a culminância de uma jornada de capacitação, fortalecimento dos mecanismos de monitoramento e avaliação, e melhoria dos serviços na atenção às gestantes, aos bebês e às crianças em seus primeiros seis anos de vida. O processo de implementação começou há 18 meses, com adesão de 234 unidades municipais de saúde, 12 de educação e uma de assistência social.

“Foi surpreendente o engajamento da cidade do Rio de Janeiro na iniciativa. Muitas equipes puderam despertar para a importância de uma atenção específica para os primeiros anos de vida das crianças. Observamos uma melhoria no monitoramento dos indicadores pelos serviços que atendem diretamente as famílias com avanços concretos, por exemplo, na garantia da vacinação, de consultas de puericultura e promoção de saúde bucal das crianças pequenas”, destaca Luciana Phebo, do UNICEF.

Para a certificação, a Secretaria Municipal de Saúde incentivou a participação maciça das unidades de saúde básica na cidade.

“O Rio está muito feliz e todos muito honrados de sermos a cidade no País com o maior número de unidades de saúde credenciadas como Unidades Amigas da Primeira Infância. A gente já tem 117 unidades e vai buscar que todas sejam credenciadas, que todas possam ter o mesmo padrão de qualidade paro o cuidado das nossas crianças”, diz subsecretário de Promoção, Atenção Primária e Vigilância em Saúde do município do Rio de Janeiro, Renato Cony.

A iniciativa Uapi se baseia na promoção do desenvolvimento integral das crianças. Nesse sentido, foi essencial o envolvimento das unidades de educação infantil, com a participação de uma unidade de cada regional.

“A participação ativa das unidades de educação infantil foi fundamental para impulsionar o desenvolvimento integral das crianças da rede municipal de educação. Reconhecemos a importância de oferecer um ambiente acolhedor e de qualidade para nossas crianças nos primeiros anos de vida, que são cruciais para seu crescimento e aprendizado”, afirma Renan Ferreirinha, secretário municipal de Educação do Rio de Janeiro.

A participação da assistência social surgiu da própria equipe da área, gerando a realização de um piloto no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Acari, na Zona Norte da cidade. No decorrer dos meses, a experiência foi sistematizada e poderá ser ampliada em outras cidades.

“É fundamental ter um parceiro como esse para a Secretaria de Assistência Social. Estamos trabalhando diariamente para que todo carioca possa ter dignidade. Para isso, os assistentes sociais e outros profissionais se dedicam em identificar necessidades das crianças e oferecer tratamento adequado para um crescimento saudável e com sonhos. Temos projetos que vão desde o monitoramento da qualidade alimentar ao combate ao trabalho infantil, passando pelo acolhimento e acompanhamento do crescimento”, diz Adilson Pires, secretário de Assistência Social do município do Rio de Janeiro

Para o desenvolvimento da iniciativa Uapi, o UNICEF conta com a parceria estratégica da Roche. “Iniciativas como as Unidades Amigas da Primeira Infância (Uapi) são essenciais para fortalecer a atenção primária de saúde no Brasil, alavancando a gestão sustentável do setor e, acima de tudo, construindo um futuro melhor e de mais inclusão para pacientes pediátricos e crianças com déficit de aprendizagem”, avalia Michelle Fabiani, diretora médica da Roche Farma Brasil.

Monitoramento de indicadores – Após a adesão das unidades, o ciclo da Uapi iniciou-se com a organização de uma linha de base por cada unidade participante com indicadores relacionados aos direitos da primeira infância. A partir daí, as equipes construíram planos de trabalho, avançando na atenção integrada às gestantes, aos bebês e às crianças pequenas. Um novo levantamento dos indicadores foi realizado no meio do período e agora ocorreu a checagem final. As unidades que atingiram uma pontuação mínima no conjunto dos indicadores monitorados foram certificadas por seus avanços.

Na área da saúde, oito indicadores nortearam o trabalho das equipes: 1) percentual de gestantes que realizaram seis ou mais consultas de pré-natal com captação precoce até a 12ª semana de gestação; 2) proporção de gestantes com realização de exames para sífilis e HIV; 3) percentual de crianças de até 6 meses em aleitamento materno exclusivo; 4) percentual de crianças menores de 5 anos (até 4 anos, 11 meses e 29 dias) com IMC (índice de massa corporal) adequado para a idade; 5) proporção de crianças de um ano de idade vacinadas contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, Haemophilus influenzae tipo B (pentavalente) e poliomielite inativada; 6) proporção de crianças que realizaram no mínimo uma consulta, ou grupo educativo com dentista, ou TSB ou ASB nos últimos 24 meses; 7) percentual de crianças de até 28 dias de vida com consulta de puericultura até 15 dias de vida; e 8) percentual de crianças com visita domiciliar na primeira semana de vida.

Na área de educação infantil, por sua vez, mais de 70 critérios foram observados em relação a cinco dimensões do trabalho diário nas unidades em relação às crianças pequenas: 1) planejamento institucional; 2) multiplicidade de experiências e linguagens; 3) promoção da saúde; 4) cooperação e troca com as famílias, acesso à matrícula e monitoramento da frequência; 5) acompanhamento dos casos de violência infantil e desenvolvimento e aprendizagem das crianças com deficiência.

Sobre a Unidade Amiga da Primeira Infância (Uapi) – A Unidade Amiga da Primeira Infância (Uapi) é uma estratégia do UNICEF voltada à qualificação dos serviços públicos de saúde e de educação infantil com o objetivo de contribuir para os resultados das políticas municipais para a primeira infância. A iniciativa conta com assistência técnica, capacitação, monitoramento, acompanhamento e certificação da melhoria da oferta de serviços e diálogo entre profissionais e famílias para melhor comunicação sobre o desenvolvimento das crianças de até 6 anos de idade, atendidas em Unidades de Atenção Primária à Saúde e Unidades de Educação Infantil.

Para implementar essa iniciativa, o UNICEF conta com a parceria estratégica da Roche e parceiros locais, que buscam promover o acesso ao diagnóstico precoce para todos e estimular crianças com atraso no desenvolvimento, deficiências e doenças raras – entre elas, a atrofia muscular espinhal e o autismo.

Contatos para a imprensa

Immaculada Prieto
Especialista em Comunicação
UNICEF Brasil
Telefone: (21) 98237 0856

Sobre o UNICEF
O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do planeta, para alcançar as crianças mais desfavorecidas do mundo. Em mais de 190 países e territórios, o UNICEF trabalha para cada criança, em todos os lugares, para construir um mundo melhor para todos.

Acompanhe nossas ações no Facebook, Twitter, Instagram, YouTube, LinkedIn e TikTok.

Você também pode ajudar o UNICEF em suas ações. Faça uma doação agora.