100 adolescentes começam jornada criativa do Chama na Solução Rio de Janeiro

Uma iniciativa do UNICEF em parceria com o Cedaps, o projeto Chama na Solução vai fomentar soluções para que os adolescentes mais vulneráveis da cidade do Rio de Janeiro tenham oportunidades de renda e trabalho

28 novembro 2019
uma jovem olha para a câmera sorrindo, ela usa a camiseta do projeto Chama na Solução e segura um cartaz do projeto
UNICEF/BRZ/Fábio Caffé

Rio de Janeiro, 28 de novembro de 2019 – Durante as últimas três semanas, jovens e adolescentes de diferentes favelas e periferias da cidade do Rio de Janeiro foram convidados a inscrever suas ideias no projeto Chama na Solução Rio de Janeiro. Realizado pelo UNICEF em parceria com o Centro de Promoção da Saúde (Cedaps), o projeto quer criar propostas com os próprios jovens e adolescentes para que os meninos e as meninas mais vulneráveis da cidade tenham oportunidades reais de entrar no mundo do trabalho. O projeto faz parte da iniciativa global do UNICEF Geração que Transforma, que investe no potencial criativo e transformador das novas gerações para superar problemas graves que afetam sua vida.

Ações de mobilização do projeto ocorreram na Comunidade 29 de Março (Campo Grande), Cidade de Deus, Complexo da Maré, Complexo do Alemão, Del Castilho, Mangueira, Morro do Borel, Morro dos Prazeres, Pavuna e Providência, além de uma forte divulgação pelas redes sociais e o eficiente boca a boca entre os jovens.

Ao todo, foram 206 inscrições para as 100 vagas do projeto. A seleção considerou a diversidade de perfil de participantes e o potencial colaborativo de suas propostas.

“Os adolescentes querem participar das soluções para problemas que afetam sua vida”, destaca Luciana Phebo, coordenadora do UNICEF no Rio de Janeiro. “Queremos fomentar soluções que possam ser concretizadas e inspirar políticas públicas que garantam o direito à renda e ao trabalho dos jovens e adolescentes”, completa Luciana.

A próxima etapa será uma jornada criativa na qual os participantes vão estruturar e amadurecer suas ideias. O objetivo é chegar a pelo menos cinco propostas agregadoras que receberão incentivo financeiro para que sejam concretizadas. “Queremos promover uma experiência colaborativa, em que os jovens fortaleçam o seu potencial de atuação nas suas comunidades e contribuam com a superação das desigualdades dentro da cidade”, destaca Kátia Edmundo, coordenadora do Cedaps.

Contatos para a imprensa

Immaculada Prieto

Especialista em Comunicação

UNICEF Brasil

Telefone: (21) 98237 0856

Sobre o UNICEF
O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do planeta, para alcançar as crianças mais desfavorecidas do mundo. Em 190 países e territórios, o UNICEF trabalha para cada criança, em todos os lugares, para construir um mundo melhor para todos.

Acompanhe nossas ações no FacebookTwitterInstagramYouTube e LinkedIn.

Você também pode ajudar o UNICEF em suas ações. Faça uma doação agora.