Técnicos do INE recebem formação sobre ferramenta de análise da vulnerabilidade da criança

O estudo MODA permite medir a vulnerabilidade e identificá-la geograficamente, medindo os níveis de privações e permitindo assim orientar respostas ao contexto nacional

Lara Longe, Consultora de Comunicação
INE and MASFAMU technicians in the MODA training in Luanda, Angola
UNICEF/Angola/2018/Lara Longle

11 Janeiro 2018

Luanda - De 4 a 13 Dezembro de 2017, decorreu no Instituto Nacional de Estatística (INE) uma formação sobre a metodologia do estudo MODA – Multiple Overlapping Deprivation Analysis, uma ferramenta que o UNICEF desenvolveu para analisar de forma multidimensional a vulnerabilidade da criança.

O MODA permite medir a vulnerabilidade, identificá-la geograficamente e de que forma se situa consoante as faixas etárias, medindo os níveis de privações e permitindo assim orientar respostas adaptadas ao contexto nacional. Os dados que distinguem as diferentes necessidades das crianças, ao longo do seu crescimento, permitem depois orientar e melhorar as políticas públicas para a Acção Social.

O estudo MODA insere-se no projecto APROSOC- Apoio à Protecção Social, uma iniciativa do Governo de Angola, com o financiamento da União Europeia, e apoio técnico da Louis Berger e do UNICEF.

Orientada pela responsável da secção de Pesquisa e Políticas Sociais do UNICEF, Magdalena Isaurralde, o workshop contou também com duas formadoras da Economic Policy Research Institute – EPRI, e foi leccionado a 12 técnicos do INE e três do Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher (MASFAMU), que reforçaram as suas capacidades na gestão de software STATA (utilização de comandos para criação de indicadores) e na aplicação da metodologia MODA.

O debate interno governamental, que antecede a redacção final do estudo MODA, está agendado para o princípio de 2018. 

INE and MASFAMU technicians in the MODA training in Luanda, Angola
UNICEF/Angola/2018/Lara Longle
Os técnicos do INE e do MASFAMU na formação MODA