Mais de 10.000 crianças recebem tratamento da desnutrição no sul de Angola

Com o apoio da Direcção de Protecção Civil e Ajuda Humanitária da União Europeia, (ECHO) o UNICEF trabalha com as autoridades no sul de Angola para garantir que as crianças afectadas pela desnutrição recebam a assistência necessária

02 Dezembro 2021
MUAC
UNICEF/ANG-2021/Luis Nicolau

Luanda 30 de Novembro de 2021 – O UNICEF trabalha com os governos das  províncias do sul de Angola para alcançar mais de dez mil crianças com tratamento imediato da desnutrição severa.

O projecto financiado pela Direcção de Protecção Civil e Ajuda Humanitária da União Europeia (ECHO) tem como objectivo fornecer serviços nutricionais essenciais de qualidade para crianças menores de cinco anos de idade.

O sul de Angola enfrenta actualmente uma das piores secas dos últimos 40 anos, que levou a redução da produção agrícola e da pecuária, originando consequentemente o aumento da insegurança alimentar e um número cada vez maior de crianças a sofre de desnutrição.

A ECHO apoia o UNICEF em várias vertentes do programa de nutrição, dentre elas destaca-se a avaliação da situação nutricional de crianças menores de cinco anos nas províncias de Benguela, Cunene, Huambo e Huila, cujos resultados preliminares estão actualmente a ser finalizados sob a liderança do Ministério da Saúde.

As acções de resposta a desnutrição incluem ainda a formação e apoio aos profissionais de saúde no aumento de conhecimento sobre o protocolo nacional para gestão da desnutrição aguda nessas províncias. Esta formação para profissionais de saúde na gestão dos casos de desnutrição ajudará a garantir que as equipas designadas para actividades de nutrição sejam totalmente treinadas em práticas de salvamento de crianças.

Algumas mães e cuidadores de crianças também estão a aprender a medir a circunferência do braço das crianças, como uma técnica que pode ajudar a diagnosticar atempadamente os casos de desnutrição. A técnica de medição da circunferência do braço da criança para além de permitir o conhecimento atempado do estado nutricional das crianças permite que sejam tomas acções imediatas em caso de desnutrição. O diagnóstico imediato de desnutrição ajuda a garantir que as crianças recebam tratamento adequado antes que a situação se agrave.

O UNICEF tem trabalhado com o Governo para aumentar o investimento em serviços de nutrição nas províncias do sul de Angola, para que todas as crianças que sofrem de desnutrição grave possam ter acesso a serviços essenciais para salvar vidas.

Graças ao apoio do UNICEF mais de 215.000 crianças já foram rastreadas nas suas comunidades e mais de 35.000 crianças com desnutrição severa foram encaminhadas para o serviços de atendimento em várias províncias do sul de Angola, entre Janeiro e Setembro de 2021.

Contacto para os media

Heitor Lourenço
Oficial de Comunicação
UNICEF Angola
Telefone: +244 936 836 015

Sobre o UNICEF

O UNICEF promove os direitos e bem-estar de todas as crianças, em tudo o que fazemos. Juntamente com os nossos parceiros, trabalhamos em 190 países e territórios para traduzir este nosso compromisso em acções concretas, centrando especialmente os nossos esforços em chegar às crianças mais vulneráveis e marginalizadas, para o benefício de todas as crianças, em qualquer parte do mundo.

Para saber mais sobre o UNICEF e o seu trabalho, siga-nos no FacebookTwitter e Instagram.