Vidas reais

Vidas reais

 

Direitos das crianças, um tema importante para ser radiodifundido

UNICEF Moçambique
© UNICEF Moçambique/2012/Caroline Bach
"Falamos sobre os direitos das crianças e sobre o quão importante é ir para a escola", diz a apresentadora da Rádio Comunitária Milena (centro), com o co-apresentador Pedro (à esquerda), e seu professor Tezinho Njanje (direita).

Pedro Júnior só tem 13 anos de idade, mas ele já é bem conhecido em Changara e é cumprimentado por todas as pessoas quando passa. "Mesmo aquelas pessoas que eu não conheço, cumprimentam-me e querem falar comigo porque já me ouviram a falar na rádio", diz ele.

A vila de Changara situa-se na província de Tete, no noroeste de Moçambique, zona que se considera ser uma das regiões mais pobres do país, exacerbados com a pobreza, a seca e vários outros problemas sociais. Embora algumas famílias possam comprar um aparelho de televisão, a maioria das famílias tem rádio, ou conhece alguém que tenha. E o rádio está sempre ligado.

Tezinho Njanje é um dos locutores da Rádio Comunitária de Changara. Ele é professor na EPC de Changara, que se situa perto da Rádio, na Sede da vila com o mesmo nome. É aí que ele descobre jovens, talentosos radialistas emergentes.

"Quando descubro num aluno inteligente talentos especiais de locução, pergunto-lhe se ele ou ela gostaria de participar na Rádio Comunitária", diz ele. "Isto constitui um desafio que estimula os alunos e as alunas a aprender mais e usar suas habilidades."

A Rádio tem programação diária das 6 horas da manhã até as 8 horas da noite, e transmite uma variedade de assuntos em torno da saúde, educação e desenvolvimento, tanto na língua local e em Português. A programação semanal inclui também temas para crianças e programas sobre literatura e música.

"Temos a responsabilidade de entreter e informar a comunidade. A Rádio é a melhor maneira de falar sobre temas actuais e de educar", Tezinho explica.

Como parte da iniciativa Escolas Amigas da Criança, que incentiva a participação activa de crianças e mulheres, a Rádio Comunitária de Changara é uma emissora de rádio muito apreciada, e as famílias costumam ouvir colectivamente.

UNICEF Moçambique
© UNICEF Moçambique/2012/Caroline Bach
Pedro Júnior é apresentador da Rádio há já um ano e acredita que os seus programas chegam até às crianças e suas famílias com mensagens importantes.

"Eu estava ouvindo a Rádio com meu pai no outro dia, quando ouvi o programa para as crianças pela primeira vez", diz a Milena de 11 anos de idade. "Eles estavam falando sobre o abuso sexual de crianças. Eu acho que é um tema muito importante, por isso eu disse ao meu pai que eu também gostaria de colaborar na Rádio e ele concordou ".

Milena é uma das alunas de Tezinho, e o seu professor já estava pensando em convidá-la para participar na Rádio Comunitária, quando ela o abordou nesse sentido.
"Milena é corajosa e sempre diz o que pensa, isso é uma qualidade muito boa para falar na Rádio." disse o professor.

Milena acaba de começar o treinamento para jovens talentos e será a apresentadora dos temas para crianças duas vezes por semana. Ela já esteve no ar, radiodifundindo, uma vez.

"Falamos sobre os direitos das crianças e sobre o quão importante é ir para a escola", diz ela.

"Falamos também sobre a violência doméstica, sobre como cuidar de nossa saúde, o respeito aos idosos e sobre ajudar os nossos pais em casa. Nós explicamos as coisas que pensamos que são importantes para as crianças da nossa comunidade saberem. Eu própria aprendo muito apenas por estar na Rádio. "

Pedro Júnior também foi treinado para ser um apresentador de rádio, e é apresentador da Rádio há já um ano. Ele acredita que a sua voz pode fazer a diferença.

"Eu acho que muitos pais batem em seus filhos. Espero que por explicar às crianças na Rádio que isto não está certo, talvez eles possam dizer aos seus pais que eles não deveriam batê-los. Muitas vezes, as famílias também escutam a Rádio em conjunto, então eu acho que eu estou alcançando alguns dos pais, também. Talvez eles vão entender. Espero que sim. "

Para mais informações, favor contactar: 

Patricia Nakell, UNICEF Moçambique, tel: (+258) 21 481 100; 
email: pnakell@unicef.org;

Gabriel Pereira, UNICEF Moçambique, tel: (+258) 21 481 100; 
e-mail: gpereira@unicef.org

 

 

 

 

Redes sociais

Search:

 Email this article

unite for children