Imprensa

Centro de imprensa

Notícias

Comunicados de imprensa

Discursos oficiais

Vídeos

Fotografias

Rede de jornalistas amigos da criança

Dia Internacional da Criança na Rádio e Televisão

Calendário de eventos

Informação prática

Contacte-nos

Galeria de fotos

 

UNICEF apela à construção de escolas e edifícios resistentes à calamidades

UNICEF Moçambique
© UNICEF Moçambique/2011
A construção precária de escolas causa custos e atrasos na escolarização quando as salas de aulas ficam danificadas por casas de mau tempo.

MAPUTO, 02 de Novembro de 2011 - Nas últimas semanas, várias escolas e outros edifícios nas províncias da zona central do país viram seus telhados arrancados como resultado de fortes ventos e chuva, causando danos materiais significativos e atrasos na escolarização das crianças. Só em Manica, mais de mil casas foram danificadas pelo tempo, nos últimos dois meses, bem como pelo menos 12 escolas e nove igrejas.

"Este é um problema sério que necessita de atenção urgente", diz Hanoch Barlevi, Especialista para Emergências e Redução de Riscos, do UNICEF Maputo. "Esta não é uma questão de resposta de emergência, mas demonstra a necessidade de melhorar-se a qualidade de construção e construir-se para um período de longo tempo. Precisamos de nos assegurar que os códigos e as normas de construção estão sendo seguidos e que os edifícios estão a ser construídos tendo em conta às intempéries.", diz Barlevi .

A Carta das Crianças sobre a Redução do Risco de Desastres, recentemente aprovada, exorta para a construção e reconstrução, que ajudem a reduzir o risco para crianças e outros membros da comunidade e que protejam a infra-estrutura comunitária a longo prazo. Segundo a Carta, os edifícios e outras infra-estruturas devem ser construídos de forma a assegurar que as mulheres e as crianças continuam tendo acesso à água segura, saneamento e higiene e mantenham a capacidade de tomarem as medidas adequadas contra a doença e desnutrição.

© UNICEF Moçambique/2011
A aplicação rigorosa dos códigos de construção e construção de edifícios que são resistentes ao mau tempo poupa dinheiro a longo prazo e acelera a recuperação após as calamidades.

"Construção precária representa uma grande perda de recursos", diz Barlevi. "Precisamos de assegurar que as escolas e outros edifícios públicos são construídos para dar continuidade à educação e outros serviços." Barlevi enfatiza que a melhoria de construção é um factor crítico no fortalecimento da resiliência das comunidades para fazer face aos efeitos negativos do tempo e calamidades. "Se construirmos bem hoje, podemos nos preocupar um pouco menos com o amanhã", conclui Barlevi.

De acordo com a Carta das Crianças, também é essencial assegurar A manutenção adequada e assegurar a construção de estradas e pontes, permitindo rápida recuperação e reconstrução, no caso de uma emergência ou calamidade.

Para mais informações, favor contactar

Arild Drivdal, UNICEF Moçambique, tel. (+258) 21 481 100; email: maputo@unicef.org  

Gabriel Pereira, UNICEF Moçambique, tel. (+258) 21 481 100; email: maputo@unicef.org

 

 

 

 

Entrevista de video


Join us / Follow us

Search:

 Email this article

unite for children