Imprensa

Centro de imprensa

Notícias

Comunicados de imprensa

Discursos oficiais

Vídeos

Fotografias

Rede de jornalistas amigos da criança

Dia Internacional da Criança na Rádio e Televisão

Calendário de eventos

Informação prática

Contacte-nos

Galeria de fotos

 

Promovendo a participação das crianças através de programas de rádio de criança para criança

© UNICEF/MOZA03140/Wolfgang Smichtd
Paulo Manjate, 16 anos de idade, apresenta o programa de criança para criança da Rádio Moçambique todos os Sábados de manhã para milhares de crianças em todo o país.

Maputo, Dezembro de 2009 – Todos os sábados de manhã, milhares de crianças ao longo do país ligam os receptores de rádio em casa para ouvir a já bem conhecida e afável voz de Paulo Manjate, de 16 anos de idade, apresentador do programa da criança na antena nacional.

“Bom dia amiguinhos! Sejam bem-vindos à mais uma edição do programa Turma da Alegria”, saúda Paulo dando início ao programa de criança para criança transmitido em directo para todo o país a partir dos estúdios da Rádio Moçambique em Maputo.

Durante cerca de uma hora, as crianças têm a oportunidade de participar em concursos, ouvir músicas da sua preferência e receber conselhos sobre assuntos que as preocupam. Quem medeia o diálogo e produz o programa são adolescentes que partilham dos mesmos desafios e interesses que elas. Este é o seu momento na antena nacional para exercerem o seu direito à participação e à informação para uma larga audiência. 

“O nosso programa é importante porque nos permite comunicar com outras crianças sobre os nossos direitos”, diz Paulo. 

O que torna o programa da criança ainda mais popular, é que não se fica apenas pelo estúdio. Regularmente, Paulo e sua equipa de produção – constituída por adolescentes com ele – metem-se no estúdio móvel, de microfone em punho, e vão ter com os seus pares onde quer que eles estejam.

“Muitas vezes fazemos o programa ao vivo a partir das escolas, da feira popular, das ruas, das comunidades, onde quer que possamos encontrar um grupo de crianças com quem podemos dialogar ” explica Paulo.

© UNICEF/MOZA03152/Wolfgang Smichtd
Abilio Matusse Jr (esquerda), Paulo Manjate e Delma editam uma entrevista para o programa da criança da Rádio Moçambique.

Quando o programa termina por volta do meio-dia, Paulo regressa à sua rotina diária em casa com a sua família e no bairro com os seus amigos, onde ele ganha inspiração para o seu próximo programa.

UNICEF tem apoiado os programas de rádio produzidos por crianças na Rádio Moçambique desde Fevereiro de 2000. A Rádio Moçambique tem actualmente cerca de 34 programas transmitidos ao longo do país, 23 dos quais em línguas locais e 11 em Português. Os tópicos abordados nestes programas incluem a prevenção da violência e do abuso, HIV e SIDA, Saúde, Educação, protecção do meio ambiente e entretenimento.

Os programas de rádio de criança para criança envolvem cerca de 1000 crianças e adolescentes que interagem com milhares de crianças em todo o país. A rede tem estado a expandir-se rapidamente ao longo dos últimos anos, e em 2005 o Fórum das Rádios Comunitárias (FORCOM) passou também a envolver-se na produção de programas de rádio de criança para criança.

Actualmente, cerca de 50 rádios comunitárias transmitem programas produzidos e apresentados por crianças. O UNESCO, outro parceiro chave, tem estado a complementar o UNICEF apoiando as rádios comunitárias associadas à FORCOM na produção de conteúdos e formação dos produtores e apresentadores.

Em 2007 o programa da Criança da Rádio Moçambique ganhou o prémio “Excelência” de rádio atribuído pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e pela Academia Internacional de Arte e Ciência Televisiva, num concurso a nível mundial por ocasião do Dia Internacional das Crianças na Rádio e na Televisão, em reconhecimento do papel central que as crianças têm tido no desenvolvimento, produção e apresentação dos programas.

 

 
Search:

 Email this article

unite for children