Imprensa

Centro de imprensa

Notícias

Comunicados de imprensa

Discursos oficiais

Vídeos

Fotografias

Rede de jornalistas amigos da criança

Dia Internacional da Criança na Rádio e Televisão

Calendário de eventos

Informação prática

Contacte-nos

Galeria de fotos

 

Media e parceiros juntam-se contra o tráfico, violência, abuso e exploração da criança

© UNICEF/MOZA-01896/T.Delvigne-Jean
Crianças de uma escola primária em Xai-Xai, província de Gaza.

Maputo 14 de Junho de 2007-  Editores, jornalistas, parceiros do governo e da sociedade civil juntaram-se para discutir o papel que os media podem desempenhar no combate ao tráfico, violência, abuso e exploração da criança em Moçambique. O evento teve lugar no dia 11 de Junho, como parte das celebrações da quinzena da criança que decorre até ao dia 16 de Junho, Dia da Criança Africana. 

O workshop tinha como um dos objectivos capacitar jornalistas moçambicanos com informações pertinentes sobre a vulnerabilidade das crianças ao tráfico, violência, abuso e exploração. Foram identificadas as potenciais causas, as manifestações, os lugares e circunstâncias onde podem ocorrer, consequências para a criança e quadro legal nacional e internacional para a sua protecção. 

Neste âmbito, o workshop foi uma oportunidade para consciencializar os editores e jornalistas sobre a situação em Moçambique, particularmente do assédio e abuso sexual das raparigas nas escolas.

Foram apresentados e discutidos os resultados de dois estudos sobre a violência e abuso sexual das raparigas em escolas Moçambicanas, realizados em 2005 pela Actionaid International e pela Save the Children, CARE International, Ministério da Educação e Cultura, Rede CAME e Fundação para o Desenvolvimento da Comunidade (FDC), respectivamente.

Os jornalistas tiveram igualmente a oportunidade de conhecer em detalhe a campanha em curso contra o abuso sexual das raparigas nas escolas, liderada pela Actionaid  International em colaboração com outros parceiros.

Depois desta informação de base, um amplo e frutífero debate foi desenvolvido em torno do papel dos media no combate ao tráfico, violência, abuso e exploração de crianças, e dos princípios éticos que devem ser considerados na cobertura destes assuntos. O debate teve como referência uma breve análise produzida pelo UNICEF em Moçambique sobre a cobertura feita pela imprensa no primeiro semestre deste ano.
 
Segundo a análise, apesar da dimensão da situação no país, estes assuntos e as suas implicações têm tido ainda pouca cobertura por parte dos media, incluindo sobre causas, manifestações, consequências para as crianças, acções em curso para prevenção e resposta.

© UNICEF Mozambique/E.Machiana
Jornalistas de vários media em Moçambique participaram no workshop e comprometeram-se a desempenhar um papel activo no combate ao tráfico, violência, abuso e exploração da criança no país. Maputo, 11 de Junho de 2007.

A análise observou também que a natureza de género na violência e abuso contra crianças não é considerada na maior parte dos artigos, e que nem sempre são respeitados os princípios éticos para protecção da identidade das crianças afectadas.

Assim, em relação ao papel dos media os participantes no workshop concluíram que:

  • Deve ser promovida a responsabilidade social dos jornalistas no combate ao tráfico, violência, abuso e exploração da criança, devendo os media e os vários parceiros trabalhar em conjunto.
  • Os jornalistas devem ter um papel activo nas comunidades, reportando sobre as manifestações da violência, exploração e abuso da criança, como prevenir e os meios disponíveis para responder.
  • Deve ser providenciada formação aos jornalistas sobre como reportar matérias específicas relacionadas com os direitos da criança.
  • Os media devem ser também um canal para as crianças falarem por elas próprias, respeitando os princípios éticos para protecção da sua identidade, sempre que apropriado.

O workshop foi co-organizado pelo UNICEF, FDC e Instituto de Comunicação Social para Africa Austral (MISA), em parceria com Save the Children e Actionaid International.

Na ocasião, o UNICEF anunciou estar a trabalhar juntamente com o MISA para a criação de uma rede de jornalistas amigos da criança em Moçambique. O MISA informou estar igualmente a desenvolver uma base de dados para os media, com documentos de referência e contactos de especialistas em assuntos dos direitos das criança no país.

 

 
Search:

 Email this article

unite for children