Imprensa

Centro de imprensa

Notícias

Comunicados de imprensa

Discursos oficiais

Vídeos

Fotografias

Rede de jornalistas amigos da criança

Dia Internacional da Criança na Rádio e Televisão

Calendário de eventos

Informação prática

Contacte-nos

Galeria de fotos

 

UNICEF e o Dia Mundial de Oração e Acção pelas Crianças para proteger as crianças contra a violência

© UNICEF Moçambique/2011
Um foco importante do Dia Mundial de Oração e Acção pelas Crianças é o casamento infantil, que afecta desproporcionalmente as raparigas.

MAPUTO, Moçambique, 22 de Novembro de 2011 - Por ocasião do 22º aniversário da Convenção sobre os Direitos da Criança, celebrada no Domingo, 20 de Novembro, o UNICEF assinalou com o movimento Dia Mundial de Oração e Acção pelas Crianças fazendo o lançamento de uma nova iniciativa global de três anos em mais de 30 países para proteger as crianças contra a violência.
 
O Dia Mundial de Oração e Acção pelas Crianças é um movimento que tem como base o poderoso papel que as comunidades religiosas podem desempenhar na segurança das crianças através da promoção de medidas positivas como o registo de nascimento e paternidade/maternidade positiva(s), e desencorajar acções potencialmente prejudiciais, tais como o casamento infantil.
 
Não obstante o progresso significativo que já foi feito na redução da mortalidade infantil e aumento da saúde da criança, em todo o mundo, milhões de crianças são submetidas à violência, exploração e abuso.
 
"A violência não discrimina", disse na ocasião Anthony Lake, Director Executivo do UNICEF. "A violência encontra-se em qualquer raça, religião, classe ou cultura".
 
Umas das maneiras mais importantes que os pais podem fazer para ajudar seus filhos é através da prática de parentalidade positiva. A influência dos pais e protecção joga um papel crítico na determinação do bem-estar de uma criança e pode ser feito sem recorrer a disciplina violenta, o que prejudica a criança e não é eficaz.
 
Outro passo fundamental para proteger as crianças é o registo de nascimento. Este documento simples estabelece a existência da criança perante a lei e fornece a base para a salvaguarda de muitos direitos civis, políticos, económicos, sociais e culturais da criança. As crianças não registadas podem enfrentar desafios no acesso a cuidados de saúde, educação e assistência social. Elas são as primeiras a serem olvidadas nos sistemas de previdência e existe o risco de que a violação de seus direitos passe despercebida.
 
Um foco importante do Dia Mundial de Oração e Acção pelas Crianças é o casamento infantil, que afecta desproporcionalmente as raparigas. As noivas-crianças encontram-se perante o maior risco de violência, abuso e exploração, e também mais vulneráveis a contrair doenças transmissíveis sexualmente do que mulheres mais maduras.
 
"Para acabar com tal violência, precisamos de trabalhar juntos - com todas as confissões religiosas, todos os partidos políticos, sem distinção - para aumentar a consciencialização, para alcançar as nossas comunidades, e para reforçar os sistemas que protegem as crianças, disse Lake. "Vamos começar com uma oração e terminar em acção."
 
O UNICEF tem uma longa história de trabalho com líderes religiosos de todas as confissões de fé em assuntos que afectam as crianças: a partir de parcerias com Imãs na Mauritânia para a eliminação de castigos corporais, até a combinação de esforços com Monges Budistas no Butão para apoiar crianças afectadas pelo HIV e SIDA, e o trabalho com Igrejas no Equador para abordar a saúde materno-infantil.
 
As actividades que se realizam em torno do Dia Mundial de Oração e Acção pelas Crianças, com apoio do UNICEF nas próximas semanas incluem:
 
- Na Nigéria, um seminário nacional com os principais líderes religiosos em torno do Dia Mundial de Oração e Acção pelas Crianças para envolvê-los como defensores de registo de nascimento universal. A eficácia das intervenções por líderes religiosos serão avaliados através de relatórios regulares no local utilizando a tecnologia RapidSMS.
 
- No Panamá, um boletim sobre o Dia Mundial de Oração e Acção pelas Crianças aparecerá no jornal da Igreja Católica Romana, durante o mês de Novembro, uma carta do Arcebispo Católico seria lida em todas as missas no dia 20 de Novembro e o próprio Arcebispo iria celebrar uma missa radiodifundida ao vivo e falaria sobre o fim da violência contra as crianças. Outras várias comunidades religiosas iriam também celebrar o Dia Mundial de Oração e Acção pelas Crianças em diferentes cerimónias religiosas.
 
- No Afeganistão, o UNICEF e o Ministério de Assuntos Religiosos planificaram entrevistas de rádio e televisão com os Mulás na semana anterior ao Dia Mundial de Oração e Acção pelas Crianças e outras emissoras iriam divulgar informações para crianças sobre os direitos das crianças. Os Mulás afiliados ao Ministério poderão utilizar as orações da Sexta-feira 25 de Novembro para sublinhar mensagens de destaque sobre a violência contra as crianças.
 
O Dia Mundial de Oração e Acção foi lançado em 2008 para melhorar a vida das crianças em todos os lugares. Em 2010, o Dia Mundial foi comemorado em 46 países em todo o mundo.

Moçambique é um pais com uma alta diversidade religiosa (Censo 2007). As lideranças religiosas têm influência social e gozam do respeito das comunidades. As Organizações Religiosas possuem uma rede estabelecida de pessoas e infra-estruturas que alcançam as comunidades desde o nível nacional até o nível local, portanto com uma grande capacidade de mobilização social. O UNICEF Moçambique sempre trabalhou com as Organizações Religiosas e com Organizações com Base na Fé, ao nível das comunidades, nas áreas de educação básica, aprovisionamento de água, protecção social e desenvovilmento rural e pretende reforçar a sua colaboração com tais organizações como aliados na difusão de mensagens que ajudam a salvar vidas de crianças e expandir os seus direitos de cidadania. Entre tais organizações encontram-se membros do Conselho Cristão de Moçambique, Conselho Islâmico de Moçambique e da Caritas de Moçambique. No passado mês de Outubro, realizou-se uma mesa redonda tendo-se discutido "O papel das Organizações com base na Fé na promoção dos direitos da criança: Experiência de Angola e do Mundo". Participaram representantes de instituições do Governo e da Sociedade Civil e recomendou-se a consolidação de uma posição comum para o engajamento dos grupos religiosos.

Para mais informação visite: http://dayofprayerandaction.org/


 

 

 

 

RSS Feeds

 UNICEF Mozambique News
The latest updates from our english homepage.

 UNICEF Moçambique Notícias
As últimas notícias do nosso website em português.


Search:

 Email this article

unite for children