Onde atuamos

Onde atuamos no Brasil

Grandes centros urbanos

Amazônia

Semiárido

Selo UNICEF Município Aprovado

 

Grandes centros urbanos

Crianças em comunidade de Salvador (BA)
© UNICEF/BRZ/João Ripper

A garantia dos direitos da infância e da adolescência nos grandes centros urbanos está no foco das atenções do UNICEF em todo o mundo. Em poucos anos – e pela primeira vez na história –, a maior parte das crianças vai crescer em cidades. Mais da metade da população mundial, incluindo cerca de 1 bilhão de crianças, vive hoje em áreas urbanas. Muitos desses meninos e meninas têm acesso a escolas, hospitais e espaços de lazer. No entanto, esses direitos ainda não são uma realidade para todos.

No Brasil, mais de 84% da população mora nas cidades. Milhares dessas pessoas são meninas e meninos que ainda não têm garantidos seus direitos à educação de qualidade, à saúde, a um ambiente acolhedor e protetor. Negar-lhes esses direitos não apenas rouba sua chance de alcançar todo o seu potencial, como também tira das sociedades os benefícios de ter uma população apta a dar respostas aos desafios que a vida em sociedade exige de cada um.

© Debora Dantas

Por isso, o UNICEF lançou, em 2008, a Plataforma dos Centros Urbanos (PCU), em São Paulo e no Rio de Janeiro. Os resultados alcançados até 2012 estimularam o UNICEF a aperfeiçoar e ampliar sua atuação, incluindo, para o ciclo 2013-2016, as cidades de Belém, Fortaleza, Maceió, Manaus, Salvador e São Luís.

Com essa iniciativa, o UNICEF espera contribuir para que esses municípios possam monitorar as condições de vida das crianças e dos adolescentes além de suas médias globais e encontrem caminhos para assegurar os direitos a cada criança e adolescente, qualquer que seja seu gênero, condição pessoal, idade, renda, ou lugar em que vivem. Dessa forma, o UNICEF espera contribuir para a redução das desigualdades que afetam a infância e adolescência nos centros urbanos.

 

 

 

 

 

Garantindo os direitos de meninas e meninos nas cidades brasileiras


Colabore com o UNICEF

   
unite for children