Onde atuamos

Onde atuamos no Brasil

Comunidades populares dos centros urbanos

Amazônia

Semiárido

Selo UNICEF Município Aprovado

 

As 30 metas comunitárias

As 30 metas comunitárias que foram monitoradas nos municípios do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Itaquaquecetuba durante o primeiro ciclo da iniciativa (2008-2012)

  1. Melhorar a qualidade do atendimento a gestantes em Unidades Básicas de Saúde.
  2. Melhorar a qualidade do atendimento do Programa de Agentes Comunitários de Saúde/Programa de Saúde da Família.
  3. Aumentar o número de bebês alimentados exclusivamente com leite materno até 6 meses.
  4. Reduzir o número de casos de violência doméstica e acidentes domésticos entre crianças e adolescentes.
  5. Melhorar a qualidade da infraestrutura urbana para crianças e adolescentes (saneamento, asfalto, calçadas, praças) e das condições ambientais (lixo, verde, poluição sonora, qualidade do ar).
  6. Reduzir o número de doenças respiratórias em crianças e adolescentes.
  7. Reduzir o número de casos de dengue entre crianças e adolescentes.
  8. Melhorar a qualidade do ensino-aprendizagem nas creches e escolas.
  9. Melhorar a qualidade da infraestrutura nas creches e escola.
  10. Melhorar a qualidade do atendimento a crianças e adolescentes com deficiência nas creches e escolas.
  11. Ampliar a abrangência e qualidade dos programas complementares à escola.
  12. Ampliar o grau de participação de alunos e familiares em grêmios e conselhos escolares.
  13. Melhorar a qualidade do atendimento a adolescentes que vivem com HIV em Unidades Básicas de Saúde (UBS).
  14. Ampliar a participação dos adolescentes da comunidade em programas de educação sexual e prevenção ao HIV/aids.
  15. Melhorar a abrangência e qualidade de programas para adolescentes em medidas socioeducativas.
  16. Ampliar a quantidade e qualidade do funcionamento dos Conselhos Tutelares.
  17. Ampliar a quantidade e qualidade do funcionamento das delegacias especializadas.
  18. Reduzir o número de casos de violência nas escolas.
  19. Reduzir o número de adolescentes envolvidos em atividades violentas e/ou ilícitas.
  20. Reduzir o número de casos de exploração e abuso sexual contra crianças e adolescentes.
  21. Reduzir o número de casos de trabalho infantil.
  22. Ampliar a abrangência e qualidade dos equipamentos e atividades culturais para crianças e adolescentes.
  23. Ampliar a abrangência e qualidade dos equipamentos e atividades esportivas para crianças e adolescentes.
  24. Ampliar a abrangência e qualidade dos programas de educação profissional e inserção de adolescentes no mundo do trabalho.
  25. Ampliar a abrangência e qualidade dos programas de saúde do adolescente.
  26. Ampliar o nível de participação de crianças e adolescentes nas ações e decisões da comunidade.
  27. Ampliar a quantidade e qualidade dos equipamentos e atividades que permitam as crianças e adolescentes se expressarem, acessarem, produzirem e difundirem informações e conhecimentos por meio das tecnologias de informação e comunicação.
  28. Ampliar a acessibilidade para crianças e adolescentes com deficiência na comunidade.
  29. Melhorar a qualidade do atendimento a crianças e adolescentes com deficiência nas Unidades Básicas de Saúde.
  30. Reduzir as situações de preconceito contra crianças e adolescentes em razão de sua raça ou etnia, dentro e fora da comunidade.

 

 
unite for children