Como colaborar

Como colaborar

Como são financiados nossos programas

Faça uma doação

Emergência nas Filipinas

Abordagem Face a Face

Heranças e legados

Compre um cartão ou presente

Mais formas de ajudar

Motivos para contribuir

O UNICEF e o engajamento empresarial

Como ser parceiro

Cinco motivos para ser um parceiro

Quero ser um parceiro

UNI – As notícias do UNICEF para todos

 

Motivos para contribuir

© UNICEF/BRZ/Rafael Bavaresco

Oito razões para doar para os projetos do UNICEF

1. A construção de uma sociedade melhor e mais justa depende da garantia  dos direitos de crianças e adolescentes. Não por outra razão, a Constituição Federal brasileira estabelece em seu artigo 227 que é dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, seus direitos básicos. E esta é exatamente a missão do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF): contribuir para que cada criança e cada adolescente no Brasil tenham todos os seus direitos integralmente cumpridos, respeitados e protegidos.

2. O UNICEF é a maior referência mundial em conhecimento e ações de desenvolvimento relacionadas à infância e adolescência. Essa credibilidade foi construída com muito trabalho e compromisso, a partir do desenvolvimento e intercâmbio de tecnologias sociais nos 191 países onde estamos presentes.

3. O UNICEF contribui diretamente com apoio técnico e financeiro para melhorar as condições de vida de crianças em situação de risco. São ações que permitem desenvolver boas práticas e metodologias capazes de promover mudanças estruturais e de amplo alcance. Tais experiências são sistematizadas e disseminadas em larga escala pelo UNICEF quando implementadas por meio de políticas públicas nos âmbitos municipal, estadual e federal.

Para que possamos chegar a mais pessoas e levar as boas experiências a novos lugares, contamos com as contribuições voluntárias de pessoas como você.

4. Além de sua experiência internacional e presença global, o UNICEF tem um conhecimento profundo da realidade da infância e adolescência brasileira. No Brasil desde 1950, o UNICEF tem articulado e participado ativamente da construção de inúmeras conquistas dos direitos da infância, como a erradicação da poliomielite, as campanhas de vacinação, a distribuição de merenda escolar. Saiba mais.

© UNICEF/BRZ/Rayssa Coe

5. O UNICEF sempre atua de forma articulada com instituições e pessoas comprometidas e qualificadas para identificar, desenhar e colocar em prática ações capazes de garantir os direitos de crianças e adolescentes.

6. Atuamos em parceria com, universidades, sociedade civil, grupos religiosos, governos, artistas e celebridades, mídia, setor privado, organizações internacionais, e, claro, com pessoas como você. Acreditamos que, juntos, somos mais fortes.

7. Sua doação ajuda o UNICEF, por exemplo, a implementar ações como o Selo UNICEF Município Aprovado, uma iniciativa lançada em 1999 no Ceará e que, a partir de 2005, envolve os demais Estados do Semi-árido. O Selo mobiliza atualmente mais de mil municípios da região como forma de garantir os direitos das crianças e dos adolescentes nas áreas de saúde, educação, proteção e participação social.

A iniciativa tem contribuído sensivelmente para a queda da mortalidade infantil e da desnutrição na região do Semi-árido brasileiro e, dessa forma, diminuir a desigualdade social no Brasil. Saiba mais.

8. Ao se tornar um doador do UNICEF, você passa a fazer parte de um grupo muito especial: o grupo de pessoas que, além de desejar uma sociedade mais igualitária, põe em prática sua participação social. Você receberá informações periódicas sobre como estão sendo aplicados os recursos e como sua doação está ajudando as crianças. É um caminho seguro para você manifestar sua solidariedade e fazer a diferença na vida de crianças e adolescentes brasileiros. Clique aqui para saber como se tornar um doador UNICEF.

 

 

 

 

Doação on-line

  
unite for children