Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

UNICEF aumenta apoio e proteção às crianças em Gaza em meio a frágil cessar-fogo

Gaza, 16 de agosto de 2014 – Uma pausa no conflito permitiu ao UNICEF trazer ajuda humanitária essencial para as crianças em Gaza, mas uma paz sustentada é necessária para se chegar a outras centenas de milhares de crianças que precisam desesperadamente de apoio para reconstruir sua vida.

"Este conflito, que vem no topo de conflitos anteriores e aprofunda a pobreza, tem tido um impacto devastador sobre as crianças, que compõem metade da população de Gaza. Junto com nossos parceiros, estamos oferecendo cuidados e apoio essenciais, mas as necessidades das crianças são imensas e críticas", disse a diretora executiva adjunta do UNICEF Yoka Brandt.

Brandt viajou para Gaza no início desta semana, juntamente com Maria Calivis, diretora regional do UNICEF para o Oriente Médio e Norte da África, e a representante do UNICEF June Kunugi, para se reunir com 16 funcionários do escritório do UNICEF em Gaza. Elas se encontraram ainda com crianças deslocadas e feridas em Gaza, e também conversaram com crianças em Sderot, no sul de Israel.


Em 12 de agosto, (ajoelhadas a partir da esquerda) Maria Calivis, diretora regional do UNICEF para o Oriente Médio e Norte da África, Ibtisam Abu-Shammala, oficial de Educação do UNICEF em Gaza, e Yoka Brandt, diretora executiva adjunta do UNICEF, participam de uma atividade de recreação para crianças deslocadas, na Escola Hasan Basri, em Gaza.

Brandt disse que o cessar-fogo permitiu equipes técnicas apoiadas pelo UNICEF a começar a reparar infraestruturas essenciais danificadas por ataques aéreos e bombardeios, incluindo aquedutos e sistemas de saneamento. Aproximadamente 110 mil pessoas receberam água potável e suprimentos de higiene, e os hospitais e centros de saúde foram reabastecidos com alguns medicamentos e suprimentos. Espaços amigos da criança seguros foram criados em seis abrigos para os desalojados, e cerca de 6 mil crianças que sofrem de profunda angústia receberam ajuda psicológica.

"O UNICEF, junto com nossos parceiros, está empenhado em alcançar o maior número de crianças possível com o apoio de que necessitam. E nós poderemos fazer isso se os trabalhadores humanitários obtiverem o espaço humanitário de que precisamos", disse Maria Calivis, diretora regional do UNICEF para o Oriente Médio e Norte de África.

"Somente em julho, mais de 4.500 crianças nasceram em Gaza. Para o bem dessas crianças, para o bem de todas as crianças, nós insistimos que todas as partes em conflito protejam as crianças de mais danos, e encontrem maneiras de alcançar uma paz duradoura – uma paz que proteja a infância", disse Calivis.

Mais de 450 crianças em Gaza foram mortas em ataques aéreos e bombardeios recentes. Mais de 2.900 crianças foram feridas e mais de 50 mil estão desabrigadas.

O UNICEF está fazendo um apelo para arrecadar US$13,7 milhões para chegar às crianças e suas famílias em Gaza. Até agora, menos de um quarto desses fundos foram recebidos.

Nota aos editores
O UNICEF está presente em Gaza desde o início da década de 1990, trabalhando para apoiar crianças e famílias com acesso a serviços básicos, como água, saneamento, educação, saúde, e alertas para o perigo das minas terrestres. O UNICEF precisa de cerca de US$ 14 milhões para responder às crescentes necessidades humanitárias causadas por essa última escalada de violência. Para saber mais sobre o trabalho da UNICEF em Gaza, acesse http://www.unicef.org/infobycountry/oPt.html (em inglês).

Sobre o UNICEF
O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) promove os direitos e o bem-estar de cada criança em tudo o que faz. Juntamente com os nossos parceiros, trabalhamos em 190 países e territórios para transformar esse nosso compromisso em ações concretas que beneficiem todas as crianças, em qualquer parte do mundo, concentrando especialmente os nossos esforços para chegar às crianças mais vulneráveis e excluídas.

Você também pode ajudar, faça uma doação agora.

Mais informações
Melanie Sharpe, Assessoria de Comunicação do UNICEF em Nova Iorque
Telefones: + 917-265-4516 e 917-485-3344
E-mail: msharpe@unicef.org
Catherine Weibel, Assessoria de Comunicação do UNICEF em Jerusalém
Telefone: + 972 54 77 87 604
E-mail: cweibel@unicef.org

 

 
unite for children