Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

UNICEF no Brasil em campanha de ajuda emergencial às Filipinas

Com mais de 4 milhões de crianças afetadas pelo super tufão Haiyan, UNICEF intensifica resposta à emergência e pede ajuda para garantir suprimentos. Emergência já lembra o Tsunami de 2004.

Brasília, 12 de novembro de 2013 – O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) no Brasil começou hoje uma campanha de arrecadação de recursos para ajudar na resposta internacional às crianças filipinas e suas famílias atingidas pelo super tufão Haiyan na última sexta-feira, dia 8 de novembro. É preciso correr contra o tempo e levar ajuda imediata para os sobreviventes dessa tragédia cujas proporções se assemelham ao Tsunami de 2004.

O UNICEF nas Filipinas respondeu imediatamente com alimentos terapêuticos para crianças, kits de saúde, água e kits de higiene para prover até 3 mil famílias de suas necessidades básicas.

Além disso, um carregamento aéreo com 60 toneladas em suplementos adicionais foi enviado para outras 10 mil famílias (incluindo aquelas afetadas recentemente pelo terremoto em Bohol). A carga contém comprimidos de purificação de água, sabão, kits médicos, lonas para tendas e suplementos de micronutrientes.

As últimas estimativas indicam que até 9 milhões de pessoas estariam sendo afetadas pelo desastre, das quais 4 milhões são crianças. "Estamos correndo para pegar suprimentos essenciais para as crianças que estão arcando com o ônus da crise", disse Tomoo Hozumi, Representante do UNICEF nas Filipinas. “Alcançar as áreas mais afetadas é muito difícil, com acesso limitado devido aos danos causados​​ na infraestrutura e nas comunicações. Mas estamos trabalhando contra o relógio para encontrar maneiras de obter esses suprimentos para as crianças tão rapidamente quanto as condições permitem".

Crianças que escaparam da terrível violência do Haiyan ainda vão precisar de ajuda urgente para sobreviver ao pós-tempestade. Há grande preocupação acerca da saúde, devido ao impacto do tufão em sistemas de abastecimento de água e saneamento, mas as crianças também precisarão ter acesso a locais seguros e protegidos para poder brincar e continuar estudando, enquanto os adultos trabalham para recuperar suas casas e meios de subsistência.

Como ajudar
Para fazer a doação, basta acessar agora mesmo nosso site de doações ou ligar gratuitamente para 0800-605-2020 (horário comercial) ou fazer um depósito/transferência bancária para o Banco Bradesco, agência 3416-9, conta corrente nº. 142.700-8. 

Empresas que desejarem ajudar com divulgação entre seus clientes e consumidores podem fazer contato para parcerias especiais.

Aproveitamos para esclarecer que o UNICEF no Brasil não está aceitando doações de itens em espécie, como roupas, brinquedos, alimentos, etc. Toda a ajuda humanitária está sendo direcionada para o comitê logístico do UNICEF internacional, que está provendo os materiais localmente ou de países próximos a fim de se evitar gastos desnecessários com frete e transporte.

Mais informações:
Regina Gerbi
Mobilização de Recursos e Parcerias do UNICEF no Brasil
Doações Individuais
E-mail: rgerbi@unicef.org
Telefone: (61) 3035-1903

Camila Carvalho
Mobilização de Recursos e Parcerias do UNICEF no Brasil
Doações de Empresas
E-mail: ccarvalho@unicef.org
Telefone: (61) 3035-1967

 

 

 

 

Compartilhe

Ajude a divulgar a campanha do UNICEF em prol das crianças filipinas. Clique aqui para fazer o download dos nossos banners.

DOE AGORA!

 
O UNICEF precisa da sua ajuda para levar alimentos, água e medicamentos para mais de 5 milhões de crianças nas Filipinas. Doe agora ou ligue 0800 605 2020 (horário comercial).
unite for children