Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

UNICEF e parceiros promovem a primeira Semana do Bebê Indígena do País

© UNICEF/Cartilha Ticuna/Divulgação

Tabatinga (AM), 8 de junho de 2013 – No período de 10 a 14 de junho, o município de Tabatinga, na região do Alto Rio Solimões (AM), realizará a I Semana do Bebê Indígena nas comunidades ticunas de Umariaçu I e II. O objetivo é contribuir para a melhoria dos indicadores da primeira infância com os ticunas, maior grupo indígena do Brasil, promovendo e garantindo os direitos de gestantes, mães e crianças.

Com a liderança dos caciques ticunas, o evento será realizado com apoio do UNICEF, em articulação com a Prefeitura Municipal de Tabatinga, Ministério da Saúde/Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) e Funai. O evento conta com a parceria estratégica da Pampers e RGE.

Semana do Bebê
A Semana do Bebê é uma estratégia de mobilização social apoiada pelo UNICEF para ajudar a garantir os direitos na primeira infância. A iniciativa, criada no município de Canela (RS) no ano 2000, tem como objetivo tornar prioridade na agenda dos municípios brasileiros o direito à sobrevivência e ao desenvolvimento de crianças de até 6 anos de idade. A proposta é reunir esforços de governos e da sociedade em torno da garantia dos direitos das gestantes, mães e suas crianças pequenas.

Para Cristina Albuquerque, coordenadora do Programa de Sobrevivência e Desenvolvimento Infantil e do Programa de HIV/aids do UNICEF no Brasil, essa importante experiência com o povo ticuna, além fortalecer as políticas públicas em prol da primeira infância indígena, comprova que a estratégia da Semana do Bebê pode ser adequada e realizada em qualquer contexto social, cultural e econômico. “Espero que possamos estimular a realização de muitas outras Semanas do Bebê em comunidades indígenas”, completou Cristina Albuquerque.
 
Divulgação pelos adolescentes indígenas
Cerca de 20 jovens ticunas e kokamas farão toda a cobertura da I Semana do Bebê Indígena, produzindo matérias e vídeos e atualizando em tempo real redes sociais e site dos Jovens Indígenas Comunicador@s do Alto Rio Solimões (ARS): www.jovens-ars.com.

Esses jovens participaram das Oficinas de Comunicação, realizadas desde agosto do ano passado, com o apoio do UNICEF e parceiros, como parte do Programa Conjunto de Segurança Alimentar e Nutricional de Mulheres e Crianças Indígenas no Brasil (PCSAN), uma iniciativa da Organização das Nações Unidas com o Governo Brasileiro. Nesses encontros, aprenderam a realizar entrevistas, elaborar jornais, fotografar, criar programas de rádio, vídeos e criaram um site e redes sociais para a Rede de Jovens Indígenas Comunicador@s do Alto Rio Solimões.

Atualmente, existem quatro Núcleos de Comunicação de Jovens Indígenas no Alto Rio Solimões, Região do Amazonas, localizados nos municípios de Tabatinga, Benjamin Constant e São Paulo de Olivença.

As ferramentas de comunicação estão sendo usadas como instrumentos para registro, divulgação, sensibilização, disseminação e mobilização dos jovens em torno dos direitos humanos, com foco nos direitos dos povos indígenas. Os participantes foram selecionados pela própria comunidade indígena, com o apoio de professores e lideranças indígenas.

A iniciativa do UNICEF também contou com parceiros locais e regionais, como as prefeituras municipais dos três municípios, Funai ARS, o Dsei ARS (Distrito Sanitário Especial Indígena), organizações indígenas, instituições de ensino superior e empresas de comunicação.

Mais informações
Ida Pietricovsky Oliveira
E-mail: ipoliveira@unicef.org
Telefone: (91) 3073 5700

Daniela Silva
E-mail: dsilva@unicef.org
Telefone: (92) 9261 0856

 

 
unite for children