Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

Saúde infantil indígena kaiapó é tema de oficina

Belém, 20 de maio de 2013 – De hoje a 26 de maio, realiza-se, em Redenção (PA), a II Oficina de Capacitação da Estratégia de Atenção Integrada às Doenças Prevalentes na Infância (AIDPI) para profissionais de equipes multidisciplinares de saúde indígena. O evento visa desenvolver a autonomia das equipes para melhorar o atendimento às crianças indígenas no Pará, mais especificamente, no Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Kaiapó.

Com essa ação, Bemfam, UNICEF, Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), do Ministério da Saúde e DSEI esperam diminuir a mortalidade infantil (que, no caso da comunidade kaiapó em Redenção, é de 90 mortes por mil nascidos [Siasi/Sesai/MS de 2012]), com o enfrentamento às doenças prevalentes na infância. Esperam ainda desenvolver as capacidades dos profissionais das equipes multidisciplinares de saúde indígena, buscando aumentar a sua autonomia para atuar de forma simultânea e integrada, respeitando a cultura e a crença de cada etnia. Voltada à saúde de crianças de até 6 anos de idade, a oficina espera melhorar o atendimento às 1.600 crianças nessa faixa etária, melhorando também a vida de suas famílias.

Serão 16 etnias beneficiadas com essa ação: as que vivem nos municípios de Altamira, São Félix do Xingu, Senador José Porfírio, Vitória do Xingu, Banach, Cumaru do Norte, Ourilândia do Norte, Redenção e Pau D’Arco, todos no Estado do Pará. A priorização dos distritos foi feita pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), do Ministério da Saúde, em diálogo com a Bemfam e o UNICEF, que vão realizar a oficina.

A Bemfam e o UNICEF articulam gestores públicos locais e equipes multiprofissionais de saúde indígena para garantir a implementação da AIDPI. Foram selecionados os profissionais, que desenvolvem práticas cotidianas em comunidades indígenas, para participação nas oficinas de capacitação em AIDPI. Para a oficina de AIDPI, são utilizados os instrumentos definidos e preconizados pelo Ministério da Saúde. Os conteúdos das capacitações foram definidos por meio de diálogo com a coordenação da Sesai e outras instituições ligadas às populações indígenas, que, de maneira articulada, definiram as prioridades para que os temas locais mais relevantes sejam incorporados às capacitações. Essa ação conta com o apoio da Celpa.

Serviço
O quê: II Oficina de Capacitação da Estratégia de Atenção Integrada às Doenças Prevalentes na Infância (AIDPI)
Quem participa: Equipes multidisciplinares de saúde indígena
Quando: De 20 a 26 de maio de 2013
Onde: Auditório da Universidade Estadual do Pará (Rua Mato Grosso, 137, Bairro Alto Paraná), Redenção (PA)

Mais informações:
Assessoria de Comunicação do UNICEF
Ida Pietricovsky de Oliveira
Telefone: (91) 3073 5700 ou (91) 8128 9022
E-mail: ipoliveira@unicef.org

 

 
unite for children