Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

ONU Mulheres, UNICEF e ONU-Habitat lançam aplicativo no Dia Internacional da Mulher

Objetivo é melhorar o acesso aos serviços de atendimento às meninas e mulheres vítimas de violência

Rio de Janeiro, 8 março de 2013 – Nesta sexta-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, ONU Mulheres, UNICEF e ONU-Habitat, com apoio da Embaixada Britânica, lançam um aplicativo gratuito para celular e computador que reúne informações sobre os serviços de apoio a mulheres e meninas vítimas de violência. O lançamento fará parte do evento comemorativo organizado pela Subsecretaria de Politicas para as Mulheres, em sua sede no Rio de Janeiro, às 13h. Já estão confirmadas as presenças da cônsul britânica, de representantes das três agências da ONU e de ONGs de luta pelos direitos da mulher, de lideranças comunitárias e de autoridades governamentais.

A ferramenta foi desenvolvida para facilitar o acesso de mulheres e meninas vítimas de violência às informações e aos serviços de apoio existentes no âmbito da Rede de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres na cidade do Rio de Janeiro. Qualquer pessoa que tenha um smartphone ou computador com acesso à internet poderá usar o aplicativo e saber mais sobre os locais de atendimentos, conhecendo cada um dos serviços, como e em que momento acessá-los.

"A intenção é que essa ferramenta seja usada por mulheres e meninas que, apesar de conhecerem a Lei Maria da Penha, não sabem ao certo para onde se dirigir para receber atendimento, qual serviço procurar ou ainda onde obter mais informações sobre seus direitos", diz Rebecca Tavares, representante da ONU Mulheres no Brasil.

Para fazer o download, basta acessar o site da Subsecretaria de Políticas para as Mulheres (www.cedim.rj.gov.br) e clicar no banner do aplicativo. Outra opção é fazer o download diretamente pelo link: http://216.119.149.140:8080/swomen.

"Cada menina, cada mulher tem o direito de viver sem violência. Mas, quando a violência acontece, precisamos garantir que ela encontre o apoio e o atendimento necessários para superar essa situação e se proteger para que a violência não se repita", destaca Luciana Phebo, coordenadora do escritório do UNICEF no Rio de Janeiro.

O projeto Safe Cities
O lançamento do aplicativo faz parte do projeto Safe and Friendly Cities for All (Cidades Seguras e Amigas para Todos), iniciativa da ONU Mulheres, UNICEF e ONU-Habitat. Seu objetivo é prevenir e reduzir a violência contra mulheres, jovens e crianças, especialmente meninas, aumentando a segurança e o bem-estar na capital carioca.

O ponto de partida do projeto foi um diagnóstico participativo com mulheres, homens e jovens, moradores de dez comunidades pacificadas – Batan, Prazeres, Cidade de Deus, Cantagalo/Pavão/Pavãozinho, Borel, Macacos, Complexo do Alemão, Salgueiro, Rocinha e Andaraí. Eles responderam questionários, dialogaram sobre os temas acerca da violência e participaram da construção do diagnóstico e das propostas para o enfrentamento dos problemas identificados.

Um dos pontos observados foi que as pessoas não conhecem a rede de serviços de apoio às vítimas de violência, não sabem a quem procurar, quais são os órgãos de assistência, como deve ser feito o encaminhamento de vítimas e o acompanhamento de cada caso – nas áreas de Saúde, Segurança, Justiça ou de apoio psicológico. O desconhecimento sobre essa rede levou à proposta de desenvolvimento do aplicativo.

"A maioria das pessoas desconhece os serviços, quais são os que funcionam melhor e quais os postos mais perto de suas casas. Essa falta de informação é comum a todas as comunidades que pesquisamos e, por isso, o aplicativo poderá ser de grande utilidade pública. A ferramenta é democrática e de fácil acesso e poderá ajudar a disseminar as informações sobre serviços e direitos, a fim de garantir a comunicação na rede e o atendimento seguro às vítimas de violência", diz Rayne Ferretti, coordenadora de Programas do ONU-Habitat para o Brasil.

Contatos para imprensa:
Assessoria de Comunicação do UNICEF
Immaculada Prieto
Telefone: (21) 8237 0856
E-mail: iprieto@unicef.org

Assessoria de Comunicação ONU Mulheres
Gisele Netto
Telefones: (61) 3038 9287 e (61) 8175 6315

DaGema Comunicação
Lilia Giannotti
Telefones: (21) 2286 7144 e (21) 8754 4547

 

 
unite for children