Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

Redes Nacionais de Defesa dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes articulam em diversas cidades campanha de proteção de meninas e meninos durante o carnaval

Brasília, 7 de fevereiro de 2013 – Será lançada nacionalmente hoje, em Brasília, a campanha "Brinque o carnaval sem brincar com os direitos das crianças e adolescentes". A campanha das Redes Nacionais de Defesa dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes tem programação confirmada em diversas capitais.

As Redes Nacionais estão se articulando com prefeituras e instituições de atendimento a crianças e adolescentes de várias cidades e organizando mobilizações em pontos com grande concentração de turistas para divulgar a campanha e sensibilizar o maior número de pessoas durante o carnaval.

Segundo Tiana Sento-Sé, membro da coordenação colegiada da Rede Ecpat Brasil, a campanha chama atenção para o fato de que é importante brincar o carnaval e ao mesmo tempo proteger as crianças e adolescentes. "Nosso objetivo é conscientizar a população para que as situações de violação não sejam naturalizadas, banalizadas", afirmou.

Ela também faz um alerta para a necessidade de observar situações que possam caracterizar a exploração. "Se a gente observa um comportamento muito estranho com uma criança ou adolescente, tem de ficar atento e procurar um policial, segurança ou guarda para avisar sobre o fato. O mesmo com relação a crianças perdidas neste período; sempre avisar para as autoridades mais próximas ou para a própria organização do evento".

De acordo com Isa Oliveira, secretária executiva do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI), é possível prevenir a violência contra crianças e adolescentes durante este período. "Uma forma de proteger as crianças e os adolescentes é o poder público criar espaços de acolhimento nos locais onde acontecem essas festividades, para que os pais dessas crianças possam trabalhar durante o carnaval, como já ocorre na Bahia."

Em Brasília (DF), o lançamento nacional da campanha será nesta quinta-feira (7/2), às 15h30, na Rodoviária do Plano Piloto, com a participação de crianças e adolescentes de instituições como o Vira Vida do Sesi, Coletivo da Cidade, Centro Marista Circuito Jovem, Centro Salesiano do Adolescente Trabalhador (Cesam), Aldeias Infantis SOS, Girarte, Fórum DCA de São Sebastião e Rede Social Paranoá.

No Rio de Janeiro (RJ), a mobilização começou na última segunda-feira (4/2), com a distribuição de cartazes nas rodoviárias da cidade. Nos dias 8 e 9 de fevereiro, a Rede Ecpat pretende atingir 20 mil pessoas com a distribuição de cartazes e ventarolas na Rodoviária Novo Rio e a participação do bloco de carnaval do grupo Batuque Batucada do IBISS. No domingo (10/2), o Ecpat estará no Píer Mauá, com banners da campanha, distribuindo ventarolas em português e inglês.

Em Manaus (AM), a campanha será lançada na sexta-feira (8/2) pelo Ecpat Brasil, em parceria com as prefeituras e redes locais no Parque dos Bilhares, às 16h. No dia 11 de fevereiro, serão distribuídas ventarolas, bandanas e camisetas durante o Carnaboi no sambódromo, a partir das 20h.

Em Olinda (PE), a campanha será divulgada pelo Bloco das Bruxas no dia 8, a partir das 15h30, no Largo do Amparo. O bloco é realizado pela ONG Coletivo Mulher Vida.

A União Marista do Brasil também aderiu à campanha e convidou a sua rede para participar nos espaços virtuais de comunicação, como sites, redes sociais e assinatura de e-mails.

A campanha, que possui um blog oficial, está sendo divulgada nas redes sociais Facebook e Twitter. A programação em diversas cidades pode ser acompanhada pela página http://brincandocarnaval.blogspot.com.br.

A campanha é uma iniciativa das Redes Nacionais, formada pelo FNPETI, Anced/Seção DCI Brasil, Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, Rede Ecpat Brasil, Fórum Nacional de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (FNDCA), com o apoio do UNICEF e parceiros.

Informações para a imprensa
Caína Castanha
Anced/Seção DCI Brasil
Telefones: (61) 3272 7980, (61) 3447 9335, (61) 8100 2753 e (61) 9657 0230
E-mails: cainacastanha@yahoo.com.br e comunicacao@anced.org.br

Luana Reis
FNPETI
Telefones: (61) 3349 5660 e (61) 9977 1117
E-mail: fnpeti.comunica@gmail.com

 

 
unite for children