Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

Declaração de Anthony Lake, Diretor Executivo do UNICEF, no Dia Mundial da Pólio

Nova Iorque, 24 de outubro de 2012 – O Dia Mundial da Pólio é um comovente lembrete de tudo o que conseguimos fazer, juntos, na luta contra a pólio. Há muito a celebrar. Hoje, como nunca antes, crianças sofrem menos os efeitos debilitantes dessa doença cruel. Pela primeira vez em sua história, a Índia foi declarada livre da pólio. À nossa frente, já podemos ver a linha de chegada: a erradicação da pólio.

Porém, o Dia Mundial da Pólio também é um incisivo lembrete de que, assim como nas corridas de longa distância, a última milha a ser percorrida é a mais difícil. As crianças do Paquistão, Afeganistão e Nigéria (os três países onde ainda ocorre a pólio endêmica) continuam a ser afetadas pela devastação causada por esse vírus. E as crianças que vivem nas áreas mais remotas nesses e em outros países são as que correm maior risco: as crianças com deficiências, as crianças pobres e aquelas que vivem em zonas de conflito.

O exemplo da Índia mostra que podemos alcançá-las. E vamos alcançá-las – trabalhando juntos.

Em setembro, na Assembleia Geral da ONU, os líderes do Paquistão, Afeganistão e Nigéria, bem como os governos dos países doadores, a sociedade civil e o setor privado reafirmaram seu compromisso de livrar o mundo da pólio. E os corajosos trabalhadores da saúde (que são os verdadeiros heróis deste esforço) vão ao campo, arriscando sua vida todos os dias para chegar até as crianças e imunizá-las, muitas vezes com grandes riscos pessoais.

Já avançamos até aqui na luta para por fim à pólio. Temos os meios para terminar o trabalho. Podemos fazer história. Ou podemos simplesmente não aproveitar o momento. Para que a história não nos julgue severamente, deixemos um mundo livre da pólio como legado à próxima geração de crianças.

Para mais informações, entre em contato com:
Sarah Crowe, Porta-voz do Diretor Executivo do UNICEF
Telefone: + 1 212 326 7206
E-mail: scrowe@unicef.org

Christian Moen, UNICEF Nova Iorque
Telefone: + 1 212 326 7516
E-mail: cmoen@unicef.org

 

 
unite for children