Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

Ministro da Saúde assina compromisso pela redução da mortalidade na infância

Governo brasileiro vai acelerar os esforços para a redução da mortalidade na infância e colaborar com experiências que levaram a resultados expressivos em todo o território nacional

© UNICEF/BRZ/Pedro Ivo Alcantara
Gary Stahl, representante do UNICEF no Brasil, e Alexandre Padilha, ministro da Saúde, no evento de assinatura do Compromisso com a sobrevivência infantil: uma promessa renovada, em Brasília.

Brasília, 20 de setembro – O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, assinou nesta quinta-feira o Compromisso com a sobrevivência infantil: uma promessa renovada. A adesão por parte do governo brasileiro é uma demonstração do comprometimento do País em acelerar a redução da mortalidade de crianças menores de 5 anos e, também, em apoiar outros países para que consigam, como o Brasil, atingir o Objetivo de Desenvolvimento do Milênio 4 para a redução da mortalidade na infância e continuar enfrentando as causas que levam a mortes evitáveis de crianças.

Por ter atingido a meta quatro anos antes do previsto, de acordo com o Relatório de Progresso 2012 do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), o Brasil também é convidado a compartilhar com outros países as experiências bem-sucedidas, realizadas pelo Ministério da Saúde e outros setores do governo, que contribuíram com resultados tão positivos.

O Compromisso com a sobrevivência infantil: uma promessa renovada é uma iniciativa do UNICEF e dos governos dos EUA, Índia e Etiópia, em apoio à estratégia Toda Mulher Toda Criança, da Assembleia Geral da ONU, lançada em 2010. Esse compromisso visa acelerar os esforços dos governos e da sociedade em reduzir as mortes evitáveis de crianças de até 5 anos, com ênfase nos primeiros dias de vida.

O compromisso já conta com as assinaturas de chefes de governo de 104 países. A adesão do Brasil, como uma das referências mundiais na redução da mortalidade na infância, é extremamente importante. Em 2011, o País foi um dos cinco que tiveram os melhores índices. De acordo com o Relatório de Monitoramento 2012 do UNICEF, o País apresentou redução de 73% das mortes de crianças menores de 5 anos desde 1990. Naquele ano, a taxa brasileira indicava que, a cada mil crianças nascidas vivas, 58 morriam antes de completar cinco de anos de vida. Em 2011, esse índice foi reduzido para 16/1.000.

Com o Compromisso, o Brasil fortalece a cooperação mundial na redução da mortalidade na infância em países que ainda enfrentam enormes desafios. O intercâmbio de informações e a troca de experiências devem colaborar com o desenvolvimento de programas em várias outras nações.

"Poder cooperar com os avanços relacionados à sobrevivência de recém-nascidos, crianças e mães é motivo de orgulho para o governo brasileiro. Essa vitória ao atingir a meta estabelecida pela ONU antes do prazo se deve a uma série de ações voltadas para a melhoria da saúde das crianças, como a Rede Cegonha, a Política Nacional de Aleitamento Materno, o Programa Nacional de Imunização e a ampliação do acesso à Atenção Básica", explica o ministro Alexandre Padilha.

"O UNICEF parabeniza o Brasil pelos resultados conquistados e pelo comprometimento. Ao assinar o documento, o governo e toda a sociedade brasileira ratificam o seu compromisso com o direito à sobrevivência e ao desenvolvimento infantil. Este ato, sem dúvida alguma, eleva o Brasil a uma posição de liderança e de exemplo para as demais nações", disse Gary Stahl, representante do UNICEF no Brasil, na cerimônia de assinatura do Compromisso.

Mais informações:
Letícia Sobreira
Telefone: (61) 30351917
E-mail: lsobreira@unicef.org

Pedro Ivo Alcantara
Telefone: (61) 30351983
E-mail: pialcantara@unicef.org

 

 
unite for children